05/11/2021 às 11h04min - Atualizada em 05/11/2021 às 11h04min

Traficante que tem padaria na frente de posto da PM e promovia ataques é preso em Vitória

Thiago Guimarães, segundo a polícia, utilizada a profissão de comerciante para disfarçar o envolvimento com o crime

Folha Vitória

A Polícia Civil prendeu, durante uma operação na quinta-feira (4), um traficante responsável por vários ataques em Vitória. 

Thiago Guimarães, conhecido como 'Galeguinho' ou 'Alemão', é dono de uma padaria no Bairro da Penha e utilizava a profissão de comerciante para disfarçar o envolvimento com o crime. 

Segundo a polícia, ele faz parte de uma organização criminosa e é responsável por ataques na Ilha do Príncipe, onde cresceu e morou por vários anos. 

O que chama atenção é que a padaria do homem fica exatamente em frente à base da Polícia Militar. Agora, a polícia vai investigar se, de fato, ele cometia algum tipo de crime também dentro do estabelecimento.

Além disso, será investigado também a participação de Thiago no envolvimento com o último ataque na Ilha do Príncipe, ocorrido no dia 26 de outubro, que resultou na morte de um homem identificado como 'Bracinho'. 

Na manhã desta sexta-feira, a equipe de reportagem da TV Vitória/Record esteve na padaria de Thiago, que funcionava com as portas abaixadas. Uma mulher, que se identificou como companheira do homem, informou que o marido é inocente. 

O inquérito policial se deu pela Divisão de Homicídios de Vitória, após a morte de Maxwell Viana Sabino, em setembro do ano passado.

Durante as investigações, outras pessoas foram indiciadas, inclusive um advogado, que foi preso e, segundo a polícia, fazia contato entre presos e outros criminosos da organização.

O homem foi o último dos investigados a ser preso. Ele já foi encaminhado ao Presídio de Viana. 

Com informações da repórter da TV Vitória/Record TV.


Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp