26/10/2021 às 15h33min - Atualizada em 26/10/2021 às 16h20min

Dia Internacional do Arroz: curiosidades e benefícios do alimento

Celebrado em 31 de outubro, o Dia Internacional do Arroz foi instituído pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura, sob a proposta de evidenciar o grão que alimenta dois terços da população mundial

DINO
http://www.armazemtiojoao.com.br

Branco, integral, parboilizado, preto, vermelho, selvagem, basmati, sasanishiki, jasmine e carnaroli. E estes são apenas alguns dos tipos de arrozes, entre os mais de 140 mil existentes no mundo. A diversidade e presença desse tipo de grão na culinária mundial, servindo como base na alimentação de dois terços da população do planeta, fez com o que o arroz tivesse sua relevância reconhecida pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO), que instituiu o Dia Internacional do Arroz, a ser celebrado anualmente em 31 de outubro.

Um grão milenar

O arroz é um grão originário do Japão, onde é cultivado há milhares de anos, especialmente os de grãos brancos. Entretanto, com a evolução da humanidade, o surgimento de novos povos e sua adaptação ao clima e à vegetação de cada região, que favorecem o plantio de tipos específicos do grão, o consumo do arroz se popularizou pelo mundo, com diversas variedades e maneiras de consumo típicas da tradição de cada país.

Atualmente, os cinco maiores produtores mundiais de arroz são, por ordem: China, Índia, Indonésia, Bangladesh e Vietnã. No Brasil, a maior produção de arroz concentra-se no estado do Rio Grande do Sul. As cidades com maior participação nacional nesse cultivo são Uruguaiana, Alegrete, Itaqui, Dom Pedrito e Santa Vitória do Palmar.


Diversos tipos de arroz, inúmeros benefícios

O arroz branco é o mais consumido pelos brasileiros, especialmente o agulhinha, que se caracteriza por apresentar grãos mais soltos, após o cozimento. Fonte rica em carboidratos, que fornece a energia para o bom funcionamento do organismo, o arroz branco contém ainda vitaminas do complexo B e minerais, como manganês e magnésio.

Já o arroz preto, ou arroz negro, típico da culinária chinesa, tem um alto valor nutricional e é considerado um super arroz. Ele apresenta grandes quantidades de fibras e proteínas, além de vitaminas A, B1, B2, B6, B12, cálcio, magnésio, zinco e ferro. Propriedades parecidas com as do arroz vermelho, muito consumido na França, e que fornece uma boa quantidade de antioxidantes, ferro, cálcio e magnésio. Ainda sobre o arroz vermelho, vale citar a presença de nutrientes como a monacolina K, que ajuda na redução do colesterol ruim (LDL) e aumento do colesterol bom (HDL), assim como antocianinas ― que ajudam no emagrecimento, equilibrando os lipídios e a glicose, além de reduzir as inflamações.

Outra variedade do grão, que merece destaque, é o arroz selvagem. Presente na culinária canadense, por ser nativo da América do Norte, ele é considerado um grão sagrado pela cultura indígena de tempos antigos. É também rico em antioxidantes e apresenta uma grande quantidade de proteínas, fibras, vitaminas do complexo B e minerais como ferro, cálcio, zinco e potássio.

Como consumir os diferentes tipos de arroz

Para uma alimentação saudável, é preciso contar com o equilíbrio de uma dieta balanceada. Quanto maior for a variedade de alimentos consumidos, maior também será a disponibilidade de nutrientes ofertados para o bom funcionamento do metabolismo. Nesse sentido, o arroz pode ser consumido frequentemente pela maioria das pessoas, tanto pelo fornecimento de energia, quanto por suas propriedades medicinais.

“O arroz faz parte das refeições diárias dos brasileiros e com o tempo deixou de ser visto apenas como um alimento simples. Em função da introdução de diferentes variações de grãos e da popularização de novas formas de consumo, o item ganhou mercado com produtos diferenciados, como a linha ‘Variedades Mundiais’, que coloca à disposição dos consumidores grãos nobres e com alto teor nutricional e benefícios. Na linha estão presentes os tipos vermelho, preto, selvagem, basmati, jasmine, carnaroli e sasanishiki”, revela Janaína Coelho da Silva Paiva, Coordenadora de Comunicação e Marketing do Arroz Tio João.

A marca conta ainda com linha de misturas semiprontas como Arroz com Funghi, Arroz com Brócolis, Arroz com Tomate e Manjericão, entre outros – e outra com pratos completos, como Arroz Carreteiro, Arroz com Galinha e uma série de risotos, como o Risoto à Valligiana, Risoto Napolitano, Risoto à Parmegiana, Risoto Milanês e Risoto Primavera.



Website: http://www.armazemtiojoao.com.br
Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp