24/09/2021 às 16h20min - Atualizada em 24/09/2021 às 17h20min

Procura por energia solar cresce no país com aumento da conta de luz

A conta de luz elétrica ficou 16% mais cara de janeiro a agosto no Brasil

DINO
https://meufinanciamentosolar.com.br

Por conta dos aumentos constantes na conta de energia elétrica, da tarifa de energia elétrica na bandeira vermelha desde junho e da crise hídrica no país, a busca por formas alternativas de energia, com foco em fontes sustentáveis e baratas, tem crescido. Entre elas, está a energia solar, facilitada pelo financiamento para energia solar.

Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o Brasil possui mais de 456 mil casas equipadas com sistema de geração de energia solar. No total, são mais de 602 mil. Além disso, conta também com 8,3 mil empregos e R$ 1,4 bilhão em investimentos, segundo a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar). Esse número tende a crescer, já que a instalação de placas solares está cada vez mais fácil com possibilidade de financiamento para energia solar.

Importante ressaltar que, no acumulado de 12 meses, o crescimento no valor da conta de energia elétrica passou de 20%. O governo assumiu a crise hídrica agravada no país, considerada como a pior em 91 anos, podendo, assim, acontecer novos reajustes.

Pandemia estimula a energia solar

A pandemia da Covid-19 fez a busca pela energia solar avançar; e, com ela, o financiamento fotovoltaico. Segundo o diretor executivo da Absolar, Rodrigo Sauaia, o ano passado foi o recorde do setor, que obteve um crescimento de 68%. "Se eu falar esse número, o pessoal acha que é empresa que vende máscara, vacina, não é fotovoltaica. Este ano, a nossa projeção era de que o setor ia crescer ainda mais. Agora essa crise hídrica que está aumentando a conta de luz de brasileiro. Foi mais um impulso."

Sauaia afirma que, até mesmo quem mora em apartamento ou residência de aluguel, não sendo permitida a utilização do telhado para a instalação do sistema, pode usufruir da energia compartilhada ao gerar em determinado local e utilizar em outro ponto dentro da mesma distribuidora.

Instalação de placas solares apresenta crescimento de quase 50% até metade de 2021

De acordo com o Jornal Nacional, a busca por alternativas de energia barata e limpa cresce. A instalação de placas solares obteve um avanço de quase 50% até metade de 2021, em comparação com o mesmo período do ano passado. Além disso, 80% desses novos sistemas são oriundos de clientes residenciais. Ao todo, 1,5 milhão de quilowatts foram instalados entre os meses de janeiro e junho, o que dá para abastecer mais de 180 mil imóveis por mês.

"Dentro de uma empresa, a energia elétrica é o terceiro maior custo. Dentro de uma residência também. Então, você ter uma geração própria de energia tem como principal incentivo redução de custo", aponta Jonas Becker, coordenador da Absolar no Ceará. Os estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul são os lugares com maior potência instalada para a geração de energia solar, sendo que o estado do Ceará ocupa o primeiro lugar na região Nordeste. Importante destacar a facilidade concedida pelo financiamento para energia solar.



Website: https://meufinanciamentosolar.com.br
Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp