16/09/2021 às 17h05min - Atualizada em 17/09/2021 às 03h20min

A Black Friday movimentou cerca de R$ 7,72 bilhões em 2020. O que esperar desta data em 2021?

A COVID-19 trouxe diversos problemas para todo o mundo, mas um setor que se beneficiou com a pandemia foi o comércio eletrônico. Segundo a consultoria Ebit Nielsen, em 2019, houve aumento de 41% no faturamento das vendas on-line no Brasil. No primeiro semestre de 2021, o setor continuou aquecido com aproximadamente R$ 53,4 bilhões em faturamento.

DINO
http://www.triyo.com.br

Dentro do cenário do comércio eletrônico, destaca-se a Black Friday, que neste ano cairá no dia 26 de novembro. Em 2020, a data movimentou cerca de R$ 7,72 bilhões, incluindo a CyberMonday, um aumento de 27,7% em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com dados da Neotrust/Compre&Confie, empresa de inteligência de mercado focada em e-commerce. A estimativa é de que em 2021, o e-commerce brasileiro fature cerca de R$ 110 bilhões. Um crescimento de 21% em relação a 2020.

Segundo estudo da Méliuz, 71% dos brasileiros responderam que pretendem fazer compras na Black Friday deste ano, o que corresponde a um potencial de vendas alto. Algumas empresas estão preparando suas estratégias de vendas, seja on-line ou em loja física e já pensam em ações para venda antecipada na semana ou mês da Black Friday.

A Ebit Nielsen, empresa especializada em análises do mercado varejista, comentou sobre a esta tendência de antecipação de vendas, já que os consumidores passaram a utilizar as ferramentas do comércio eletrônico e comparadores de preços para encontrar bons preços e comprar barato ao longo de um período maior. Eles pesquisam mais, aguardam por promoções e benefícios extras, como frete grátis, agilidade na entrega, descontos mais atrativos e preferência em promoções exclusivas.

Nesse mercado competitivo, as empresas que querem sair na frente procuram se diferenciar oferecendo a melhor experiência de compra aos seus consumidores, seja na diversidade de produtos, preços, parcerias, na agilidade de entrega e atendimento pós venda. Toda a infraestrutura deverá estar muito bem preparada para atender a essa demanda da Black Friday. Isso envolve todos os departamentos dentro da empresa: marketing, logística, comercial, revenue management, atendimento, financeiro, estoque e logística.

"Todos os departamentos têm que estar alinhados e com uma estratégica integrada para alcançar o mesmo objetivo, que são as vendas', menciona Ricardo Nunes, CEO da TRIYO Tecnologia.

Neste quesito, o ERP torna-se ferramenta essencial para uma campanha promocional como a Black Friday.

O ERP é um sistema integrador de processos que otimiza a gestão estratégica e inteligente do negócio. Este software permite que a empresa estude o cenário real de todos os departamentos através dos diversos relatórios e controles de faturamento, estoque e logística. Com isso, as equipes conseguem realizar os planejamentos, melhorias e preparações necessárias para oferecer uma boa experiência durante a Black Friday. E isso é válido tanto para os consumidores, quanto para os colaboradores da empresa que têm o seu trabalho facilitado e otimizado.

Ricardo Nunes elenca os benefícios que a empresa tem com um sistema de gerenciamento ERP:

- Gestão de estoque: todas as informações sobre o estoque ficam centralizadas no ERP e a empresa controla a entrada e saída das mercadorias e também, disponibilidade e entrega para melhor logística.

- Planejamento de vendas: é possível gerar diversos relatórios sobre o comportamento do consumidor (ticket médio, fluxo de vendas, sazonalidade, entre outros), e com isso as equipes têm mais informações para criar campanhas promocionais mais assertivas.

- Integração de dados: Integração do sistema ERP aos marketplaces. Assim, as ofertas e disponibilidade dos produtos estarão sempre atualizadas com dados reais em todos os canais de vendas.

- Otimização na emissão de Notas fiscais: o ERP automatiza e agiliza o processo de emissão de notas, disponibilizando as informações necessárias para cumprir as obrigações legais de maneira muitos mais simples.

- Gestão Logística: a ferramenta ERP ajudará a empresa a realizar uma boa gestão do pedido em processo, atualizando os status como separação do produto, empacotamento, despacho, transporte e entrega.

- Melhoria no atendimento ao consumidor: com todos os processos organizados e informações disponíveis, fica mais fácil para a empresa atingir maior excelência no atendimento do seu cliente.

O ERP ainda pode ajudar em muitos outros processos e estratégias com o objetivo de melhorar as vendas na empresa e a experiência do cliente.



Website: http://www.triyo.com.br
Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp