03/08/2021 às 13h25min - Atualizada em 03/08/2021 às 14h40min

Compras de lotes continuam em alta na pandemia

Vendas de terrenos ultrapassam 40%, segundo pesquisa do Secovi Rio

DINO
https://prolotes.com

As compras de lotes estão em alta na pandemia. De acordo com o Centro de Pesquisa e Análise da Informação (Cepai) do Secovi Rio (Sindicato da Habitação), no primeiro trimestre deste ano houve um crescimento de 40,5% na negociação de lotes no Rio de Janeiro, na comparação com o mesmo período de 2020. Outro estudo que reforça este cenário é o da plataforma OLX, indicando que a região Sudeste ocupou o segundo lugar na procura por terrenos, com 54%, no terceiro trimestre de 2020, perdendo apenas para a Centro-Oeste com 66%. O levantamento afirma ainda que o Sudeste teve a maior base de usuários da plataforma procurando por esses imóveis (43%) no período.

Para o diretor da loteadora Pró Lotes, Marcelo Fróes, esse movimento é explicado pela necessidade de ter uma casa maior, dentro de condomínios com área verde, lazer completo e segurança. Os reflexos dessa tendência podem ser vistos nos resultados registrados pela empresa. “As vendas de terrenos dispararam mais de 300% nos últimos 12 meses”, conta Fróes, adiantando que a empresa pretende lançar neste semestre mais um loteamento, desta vez em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, além de mais três que estão em desenvolvimento.

“Atuamos nas regiões de Maricá, Itaboraí, São Pedro da Aldeia e Vargem Pequena. E por meio de pesquisas com os nossos compradores, identificamos o desejo por mais espaço, um quintal, área verde e lazer no mesmo lugar. Por isso, essa explosão na compra de terrenos. Mais de 60% dos nossos clientes esperam preço justo e condições de pagamento diferenciadas, permitindo o parcelamento em longo prazo e com prestações que possibilitem pagar o lote e comprar os materiais para construir de imediato o imóvel. Além disso, 40% dos compradores disseram que a localização também é importante”, ressalta Fróes.

Cuidados na compra do lote

Para uma compra segura, especialistas dão algumas recomendações. “É importante analisar a forma de pagamento: à vista ou financiado pelo banco ou pela construtora. Se a opção for financiar pela construtora, visite o local, veja se o loteamento está 100% concluído, se está regularizado e o terreno com a matrícula individualizada”, alerta Fróes. Ele ressalta que o comprador deve observar o histórico da empresa e procurar saber se ela tem outros empreendimentos entregues. É preciso ainda ter atenção com a região escolhida, pois segundo o diretor da Pró Lotes, a valorização vai acompanhar o local do terreno. "É muito importante também estar atento aos serviços que já estão disponíveis no local como energia, água e gás, além da parte de saneamento básico. E, por fim, é fundamental contar com a ajuda de um arquiteto ou engenheiro para desenvolver o projeto da casa. Vale lembrar que para a construção é necessário o alvará que é expedido pela prefeitura local”, orienta Marcelo Fróes.

O advogado Leandro Sender complementa com outras orientações para evitar aborrecimentos. “Leia com atenção a documentação do terreno e dos proprietários para evitar comprar um lote que não esteja com a devida legalização ou com apontamentos que impeçam a alienação. Se o terreno estiver em um loteamento, a orientação é procurar saber se ele é regular, pois existem muitos condomínios de terrenos clandestinos e isso pode dar muita dor de cabeça para o futuro proprietário do terreno”, observa Sender.



Website: https://prolotes.com
Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp