21/06/2021 às 09h07min - Atualizada em 21/06/2021 às 10h20min

Dores crônicas: suplementação auxilia no tratamento de artrose e artrite

A artrite e a artrose afetam uma grande parcela da população no mundo. Embora elas não tenham cura, seus sintomas podem ser tratados e aliviados com alimentação, exercícios e suplementação, que tem encontrado suporte em pesquisas científicas.

DINO
https://artroxdores.com/

Dados da OMS (Organização Mundial da Saúde) apontam que 9,6% dos homens e 18% das mulheres com mais de 60 anos sofrem de osteoartrite, conhecida popularmente como artrose. A artrite, por sua vez, é mais comum em mulheres entre 30 e 60 anos. A maioria das pessoas não sabe qual a diferença entre artrite e artrose. Uma pesquisa feita no final de 2020 pela farmacêutica Pfizer apontou que 66% dos brasileiros acreditam que artrite e artrose são a mesma enfermidade.

O que é artrose

A artrose, nome popular da osteoartrite, é uma doença degenerativa que afeta principalmente as articulações de joelhos, quadris, mãos e coluna e causa dores ou rigidez. Com o tempo o problema pode se agravar, pois a cartilagem, espécie de tecido emborrachado que reveste as extremidades dos ossos, se desgasta. E provoca atrito da região, o que gera inflamações e dores constantes.

Excesso de peso, doenças congênitas, movimentos repetitivos, lesões e histórico familiar são outros fatores de risco para desenvolvimento da artrose. Outros sintomas são: instabilidade, diminuição da amplitude do movimento, dificuldade de locomoção e deformidades.

O que é artrite

Já a artrite é uma doença autoimune. Ou seja, o próprio corpo ataca as articulações. As áreas mais afetadas costumam ser dedos, joelhos e tornozelos, mas já se sabe que a inflamação provocada pela artrite pode aumentar o risco de infartos, AVC (Acidente Vascular Cerebral) e afetar a saúde dos olhos, pulmões e nervos, caso ela não seja controlada. Esse distúrbio provoca sintomas clássicos, como: inchaço, rigidez, dor nas juntas e limitação dos movimentos.

Mas a artrite também pode causar redução de apetite, perda de peso, fadiga, febre baixa e nódulos visíveis na pele. São fatores de risco ser do sexo feminino, depressão, desequilíbrio hormonal, tabagismo, excesso de peso e a predisposição genética.

Artrite e artrose não têm cura, mas têm prevenção e tratamento

Por enquanto nem a artrite nem a artrose têm cura, mas ambas têm prevenção e tratamento. A prevenção inclui exercícios físicos, alimentação saudável, consumo de gorduras boas, como azeite de oliva, sardinha e salmão. Vale atentar-se também para o consumo de alimentos ricos em colágeno, como: geleia de mocotó e ovos, além de castanhas e semente de linhaça.

No entanto, pelos hábitos alimentares contemporâneos e dietas restritivas, a suplementação alimentar passou também a atuar na regeneração cartilaginosa. Alguns outros fatores do crescimento da oferta desses produtos é o fato de eles terem poucas ou nenhuma contraindicação. Além dos baixos, ou nulos, efeitos colaterais.

Estudos mostram eficácia de suplementos

A revista American Family Pshysician, por exemplo, publicou recentemente um artigo sobre o uso de suplementos alimentares na osteoartrite (artrose). Baseada em estudos de tratamento a longo prazo, o artigo concluiu que houve redução de sintomas e  possível retardo da progressão da doença.

Isso acontece porque a maior parte dos suplementos indicados para prevenção e tratamento da artrose tem como base os colágenos, moléculas que compõem a cartilagem das articulações. O colágeno responde por até 90% da formação da cartilagem e hoje já consegue ser produzido pela indústria de maneira natural, a partir dos ossos de frangos.

Embora não seja capaz de regenerar a cartilagem, o colágeno tipo 2 (UC II), por exemplo, auxilia na preservação do tecido, principalmente se forem usados no início do processo de desgaste. Outro estudo publicado no Nutrition Journal, gerenciado pela Universidade da Califórnia, mostrou que após 180 dias de uso desse colágeno, os  voluntários e voluntárias com artrose no joelho ganharam mais mobilidade e tiveram diminuição da dor.

Suplementos para articulações

Atualmente é possível encontrar suplementos que podem ser tomados uma vez ao dia em forma de cápsulas. Por serem de origem natural, o uso é seguro. 

Um desses suplementos para articulação disponíveis no mercado é o Artrox, desenvolvido pelo biomédico e nutricionista Murilo Camano para ajudar pessoas que sofrem dores crônicas por causa de inflamação nas articulações, incluindo portadores de osteoartrite (artrose) e artrite. 

"Recebia muitos pacientes com queixas de dor de artrite e artrose. Para sentir alívio, essas pessoas chegavam a tomar medicamentos com corticoides, que provocam muitos efeitos colaterais, como o ganho de peso. Então, depois de muita pesquisa e troca de informações em congressos, consegui desenvolver uma fórmula funcional sem essas consequências indesejáveis", comenta Murilo.

Segundo Camano, a suplementação é importante, mas é preciso vir acompanhada de cuidados da alimentação e estilo de vida. "Para aproveitar ao máximo os benefícios da suplementação, é indispensável também uma dieta equilibrada e a prática de exercícios físicos", finaliza Camano.

Artrox é um suplemento dispensado de registro na Anvisa conforme a RDC 27/2010.

 



Website: https://artroxdores.com/
Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp