15/06/2021 às 16h37min - Atualizada em 15/06/2021 às 17h20min

BRT em Campinas inicia operação em 2022 entre os mais modernos do país

Operação nas futuras plataformas de ônibus rápidos será feita com equipamentos Garen, especialista no setor de automação.

DINO
https://www.garen.com.br/

Com uma das maiores obras públicas em execução no Brasil – o sistema BRT (Bus Rapid Transit, transporte rápido por ônibus em português) -, Campinas dá um salto na qualidade do serviço de transporte coletivo. Inicialmente com os ônibus convencionais, o município já colocou em operação os três corredores BRT (Perimetral, Ouro Verde e Campo Grande), que representam 36,6 quilômetros. A expectativa da Prefeitura é entregar a obra completa em 2022.

O sistema tem 36 estações, 7 terminais e 18 pontes e viadutos. É a maior obra de mobilidade urbana realizada no município. Entre os objetivos, estão reduzir o tempo médio das viagens, eliminar sobreposições de linhas, ampliar as opções de destino e contribuir para dinamizar o trânsito da cidade de forma geral.

Cerca de 450 mil campineiros serão diretamente beneficiados com transporte em ônibus articulados elétricos, com ar-condicionado, que vão operar em faixas exclusivas, separadas do trânsito comum, mas integradas às linhas convencionais (alimentadoras). O embarque e desembarque serão feitos pelo lado esquerdo, com acessibilidade direta ao piso elevado dos veículos BRTs.

As estações foram projetadas para o conforto e a segurança dos milhares de usuários que passam diariamente por elas, como explica Henrique Coutinho, engenheiro da Garen, empresa de Garça com experiência de dez anos no setor e que está presente nesse projeto com catracas, portas automáticas, automatizador para portas de rolar e software de monitoramento e gestão de acesso. Para mais detalhes, a reportagem entrevistou o engenheiro Coutinho, da Garen.

Sobre as soluções para as estações de Campinas, como funcionam e quais são seus benefícios?

As soluções são decorrentes de muita pesquisa e desenvolvimento de nossa empresa. Destaco as portas automáticas com a tecnologia de motores BLDC, que aumentam a vida útil dos motores e trazem maior economia de energia na operação; e as catracas com sistema de comunicação IP ligado ao centro de comando e controle, proporcionando maior fluidez no fluxo de pessoas.

As catracas liberam o acesso por meio de cartões previamente adquiridos pelos usuários?

As catracas para operação no BRT utilizam um aparelho validador, já amplamente utilizado em ônibus de linha convencional. Desse modo, o passageiro não precisa adquirir um novo cartão exclusivo para uso no BRT. O usuário, ao se aproximar da catraca, apresenta seu cartão com crédito ao aparelho validador e a passagem é liberada.


A operação pode ser remota?

Sim, todos os produtos do sistema BRT são integrados por meio de um centro de controle, e o sistema pode ser operado remotamente. De forma rápida e sem precisar ir até o local, o operador pode alterar o sentido de fluxo de pessoas nas catracas e a forma de operação das portas automáticas. Em caso de emergência, a estação é aberta remotamente para evacuação dos usuários do sistema BRT.

Como garantir o funcionamento correto das estações, principalmente a abertura da porta automática com o veículo na posição correta?

Por meio do sistema de sensores e transmissores instalados nas estações e nos ônibus. O sistema reconhece a aproximação do veículo, acionando o semáforo, na cor verde, que indica a posição correta na parada. Após o comando de abertura de porta do ônibus, o semáforo muda para o vermelho e aí ocorre o sincronismo de abertura entre as portas do ônibus e as portas automáticas da estação. A abertura das portas da estação e dos ônibus acontece de forma alinhada e sincronizada.

Como as soluções BRT ajudam na mobilidade urbana das cidades?

O BRT é um sistema de transporte público muito mais rápido e eficiente que os serviços convencionais de ônibus. Nas estações, a cobrança de bilhetes é feita antes de o passageiro entrar no ônibus, evitando assim atrasos pelo pagamento ao motorista ou cobrador. Todas as estações apresentam piso no mesmo nível do veículo. Com isso, evitam-se atrasos decorrentes do embarque e desembarque por escadas. Há também múltiplas portas para o acesso de pessoas com necessidades especiais. O BRT é considerado um sistema moderno e rápido de transporte de massa sobre pneus. É um setor que exige investimento em tecnologia e é preciso se modernizar constantemente. Nesse sentido, a Garen está muito bem-posicionada no mercado.



Website: https://www.garen.com.br/
Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp