27/04/2021 às 14h42min - Atualizada em 28/04/2021 às 00h20min

Clínicas e consultórios médicos ganham espaço em Strip Malls

Com a busca mais intensa por serviços e conveniência em um só lugar, cresce a demanda por clínicas e laboratórios dentro de Strip Malls, centros comerciais próximos às residências.

DINO
https://www.mecmalls.com

A pandemia de Covid-19 trouxe uma série de mudanças na rotina e nos hábitos das pessoas. Um dos principais movimentos englobou a busca por soluções integradas e em um só lugar. Neste cenário, ganharam espaço os Strip Malls, espaços que reúnem supermercados, serviços de beleza, saúde, gastronomia, educação, entre outros, mas também as clínicas e laboratórios.

Este movimento se deve, principalmente, à necessidade de seguir cuidando da saúde e realizando exames preventivos sem, no entanto, precisar ir a grandes hospitais. Clínicas de radiologia, odontologia, nutrição, cirurgia plástica, serviços de medicina diagnóstica, estética e muitas outras especialidades compõem o mix de um Strip Mall pós-pandemia.

Agora, mais do que nunca, médicos e profissionais da área são reconhecidos como empreendedores. Seu objetivo principal é cuidar dos pacientes, mas também é preciso atrair, fidelizar pacientes e rentabilizar o consultório.

Um exemplo desse movimento é a rede de clínicas populares Dr. Consulta, posicionada em Strip Malls ou shopping centers. O CEMA, referência em tratamento de olhos, ouvidos, nariz e garganta no bairro da Mooca, em São Paulo, também se posicionou em centros de compra, com o objetivo de estar cada vez mais próximo de onde o cliente trabalha ou mora.

"O Villa Multimall, empreendimento multiuso localizado na cidade de Santa Bárbara d’Oeste, concentra uma clínica odontológica e serviço especializado de exames de imagem", explica Marcos Saad, sócio da MEC Malls, que concebeu e faz a gestão do Strip Mall. "Percebemos que os consumidores preferem fazer tudo em um só lugar, então, a demanda tem sido cada vez maior por esse tipo de serviço", completa.

Nos Strip Malls, que reúnem diversas operações e sempre têm uma loja âncora, geralmente uma marca forte de supermercado ou drogaria, por exemplo, esses negócios ganham destaque.

Soma-se a isso o setor de medicina diagnóstica no Brasil, que é imenso. Em 2017, antes da pandemia, foram realizados 2 bilhões de exames de imagem e análises clínicas - 817 milhões deles foram feitos na rede suplementar ou privada. No mesmo ano, o mercado de medicina diagnóstica no Brasil gerou receita bruta de R$ 35,4 bilhões.

"Esse movimento já é muito forte nos Estados Unidos e chega cada vez mais ao Brasil", completa Mario Thurler, sócio da MEC Malls. "Estamos, inclusive, conversando com clínicas e laboratórios de análises para termos um espaço voltado apenas aos serviços de saúde."

Adaptar os espaços para atender os pacientes com o máximo de cuidado, agilidade e segurança é prioridade no momento. Com isso, as pessoas não terão que se deslocar aos hospitais, que ainda registram altas taxas de atendimentos de pacientes com Covid-19.

Prova disso são dados da Associação Brasileira de Medicina Diagnóstica (Abramed), apontando que o número de mamografias realizadas entre março e agosto de 2020 no sistema de saúde suplementar do País caiu 46,4% comparado com o mesmo período de 2019.

Evitar que isso aconteça e que haja medo de frequentar hospitais é a tarefa atual das clínicas e consultórios.



Website: https://www.mecmalls.com
Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp