30/03/2021 às 15h52min - Atualizada em 30/03/2021 às 16h20min

Mercado da beleza apresenta novas tendências para 2021

Produtos que ajudam a promover o bem-estar e marcas que proporcionam boa experiência do cliente na compra online são tendências que guiarão o setor

DINO
https://josepaulogit.com/

O mercado da beleza é uma das categorias de maior e mais rápido crescimento no varejo global. De acordo com o Ranking Mundial de Consumo de HPPC da Abihpec/Euromonitor, o Brasil é o quarto maior mercado de beleza e cuidados pessoais do mundo, ficando atrás apenas para os Estados Unidos, China e Japão.

A pandemia impulsionou ainda mais a busca por produtos para cuidados com a pele, principalmente os comprados pela internet. Segundo estudo feito pela agência Corebiz, de São Paulo, o faturamento do comércio eletrônico de cosméticos, a nível nacional, cresceu 68%, entre 1º de março e 14 de junho de 2020. Outro levantamento, feito pelo GetNinjas, aplicativo de contratação de serviços na América Latina, apontou que a demanda pela categoria Moda e Beleza contabilizou mais de 200 mil solicitações em 2020. O número representa um aumento de 54% nas buscas em comparação com 2019.

Mas quais são as razões responsáveis pelo crescimento desse mercado mesmo em meio à crise global? E quais serão as tendências do mercado da beleza em 2021? Uma conversa entre José Paulo Pereira Silva, CEO do Grupo Ideal Trends, e Liliane Oliveira, química e diretora técnica da Anne Caroline Global, empresa de dermocosméticos do Grupo Ideal Trends, abordou o futuro do mercado da beleza e sobre os novos hábitos trazidos pela pandemia que devem continuar em alta mesmo após a crise.

Para os especialistas, claramente, o impacto da Covid-19 trouxe enormes mudanças, mais significativamente no crescente interesse em saúde e bem-estar. Conforme Liliane, o ano de 2020 desencadeou uma readaptação do comportamento do consumidor e da indústria também. “O setor de cosméticos tradicionalmente cresce na crise. No ano passado, mesmo em meio ao isolamento, os serviços de beleza apresentaram aumento, deixando o setor no azul. Os consumidores são movidos agora por novos hábitos de consumo, como o de comprar online, que devem continuar mesmo depois que a pandemia acabar”, afirma.

Liliane também diz que o fato de as pessoas passarem mais tempo em casa foi um fator impulsionador desse mercado. “O ato de cuidar de nós mesmos traz conforto e é importante para manter a saúde mental em tempos desafiadores. Por estar em casa e ter mais tempo, o comportamento do consumidor do setor da beleza está cada vez mais interligado ao bem-estar e ao autocuidado. Por isso, marcas como a Anne Caroline Global prezam cada vez mais por produtos com fórmulas inovadoras e naturais que protegem e combatem o estresse. Isso inspira confiança e agrega valor para os consumidores”, revela.

Para José Paulo, presidente da Anne Caroline Global, o cenário da beleza é bastante positivo. "As pessoas estão buscando se cuidar mais, e os dermocosméticos se destacam, pois são tratamentos de beleza e saúde, trazendo mais resultados que os cosméticos comuns", afirma.

O bem-estar se tornou uma parte importante da beleza e a pandemia impulsionou o conceito de saúde holística, com foco no bem-estar mental. Uma pesquisa desenvolvida pela empresa americana Mintel descobriu que 38% das mulheres nos Estados Unidos, com idades entre 25 e 34 anos, estão interessadas em produtos de beleza que reduzem o estresse e a ansiedade.

 

Tendências online em ação

Em meio a um cenário de compras quase que exclusivamente feitas por meio online, o caminho do sucesso é proporcionar ao consumidor uma boa experiência. Conforme José Paulo, os consumidores estão mais confortáveis ​​comprando produtos de beleza online do que nos últimos anos, e isso está preparando o terreno para as marcas criarem novas estratégias robustas para envolver o consumidor no e-commerce.

“A Covid-19 acelerou uma mudança na forma como os consumidores descobrem e compram produtos, o que criou a necessidade de uma “experiência de beleza” e conexão com a marca. As novas estratégias de canal estimulam diferentes maneiras de se envolver com o consumidor, abordar os pontos problemáticos do comércio eletrônico, direcionar negócios para sites de marca própria e fornecer acesso fácil por meio de uma boa automação. Prover uma boa experiência de compra online faz você se conectar fortemente com o cliente. Além disso, os consumidores que se conectam emocionalmente vão além do preço ao tomar uma decisão de compra. Esses clientes são fiéis e não se importam de gastar mais com seu produto. Eles também fornecem referências excelentes para amigos e familiares. É por isso que mais que nunca vale a pena entender o que move seu cliente”, afirma.

Anne Caroline Global

A Anne Caroline Global é uma empresa brasileira de produtos dermocosméticos inovadores desenvolvidos com ativos e substâncias nanotecnológicos que podem ser usados em diferentes tratamentos dermatológicos, e com canal de distribuição através de Vendas Diretas, que possui ferramentas digitais 100% automatizadas.

A empresa desenvolve produtos inovadores com nanotecnologia, oferecendo todo o suporte aos vendedores para o uso do marketing de relacionamento e ferramentas digitais, que alavancam o sucesso do empreendedor. A empresa trabalha com marketing multinível e está dentro das estatísticas de empresas que estão em expansão, mesmo em períodos atípicos como a pandemia.

A Anne Caroline Global é associada à Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas (ABEVD), entidade que regulamenta o setor. Mais informações no site: http://brz.annecarolineglobal.com/ 



Website: https://josepaulogit.com/
Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp