25/09/2015 às 08h11min - Atualizada em 25/09/2015 às 08h11min

Rede pode ter Sérgio Majeski como candidato a prefeito de Vitória em 2016

Século Diário

A possibilidade de o deputado estadual Sérgio Majeski se filiar ao Rede Sustentabilidade é muito bem vista dentro do novo partido. Segundo a coluna Plenário, de A Tribuna desta quinta-feira (24), na próxima semana, o deputado se reúne com lideranças do novo partido para discutir o assunto. 

 

O deputado estaria insatisfeito com o ninho tucano, e não é para menos. O parlamentar nem sempre é ouvido nas decisões do partido. Exemplo disso, é a recente filiação da prefeita de Presidente Kennedy, Amanda Quinta. Informações de bastidores dão conta de que o deputado era contra a filiação da prefeita. 
 
Mas o que mais chama a atenção dos meios políticos nessa movimentação é que a ida de Majeski para o Rede pode mexer com o cenário eleitoral de Vitória para 2016. O deputado estadual que tem se destacado na Assembleia Legislativa, com posições críticas sobre temas de interesse social, independentemente do fato de seu partido fazer parte da base do governo, deu ao parlamentar um respaldo muito grande com a população, o que o credencia para a disputa eleitoral. 
 
Como o PSDB parece disposto a novamente investir na candidatura do ex-prefeito Luiz Paulo Vellozo Lucas, não haveria espaço para que Majeski se apresente para o pleito pelo ninho tucano. O deputado tem evitado falar em uma possível candidatura e parece focado no mandato, mas a musculatura para mexer no cenário eleitoral ele tem e alimenta, dentro da Rede, a expectativa de que o partido possa marcar presença de forma competitiva na principal eleição municipal do próximo ano. 
 
A Rede já teria conversado com Majeski no passado e na próxima semana devem aprofundar as negociações sobre uma possível filiação do tucano. O partido ganha de início um deputado estadual e não é qualquer deputado. Majeski tem mostrado muita personalidade na Casa, mas sua entrada no novo partido deverá ser conversada também com o prefeito da Serra, Audifax Barcelos, que deve carimbar os passaportes das lideranças que anseiam embarcar na Rede.

Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp