21/09/2015 às 14h23min - Atualizada em 21/09/2015 às 14h23min

Em franca desidratação, Solidariedade tem mais uma baixa

Século Diário
No último fim de semana, o PSDB do sul do Estado realizou mais um encontro no litoral e anunciou uma nova adesão aos seus quadros: Amanda Quinta. A prefeita de Presidente Kennedy, sul do Estado, se filiou ao partido, deixando o Solidariedade. A saída da prefeita mostra a desidratação do Solidariedade para o próximo ano. 
 
Amanda Quinta foi eleita pelo PTB, mas em 2013, com a criação do Solidariedade, a prefeita mudou para o novo partido. Com direito à reeleição, ela migrou para o PSDB em busca de mais musculatura política e, também, de aproximação com o governador Paulo Hartung, que também estaria deixando o PMDB para entrar no ninho tucano. 
 
Recém criado e com cerca de 200 filiados no Estado, o SD vem sofrendo baixas que podem prejudicar suas movimentações para as eleições do próximo ano. Comandado pelo deputado federal Carlos Manato, muitas lideranças que deixam o partido se queixam da falta de atenção com os mandatários. 
 
Recentemente, o partido perdeu 12 vereadores no Estado, sendo cinco no município da Serra, entre eles a presidente da Câmara, Neidia Pimentel. Manato não tem oferecido resistência à saída dos quadros do Solidariedade, mas o fortalecimento da base é fundamental para que o partido possa crescer no Estado e garantir o espaço político para as movimentações com as demais siglas. 
 
Para o próximo ano, a aposta mais consistente do partido é possibilidade de candidatura da deputada estadual Raquel Lessa à prefeitura de São Gabriel da Palha. Mas a impressão na cidade é de que a disputa será bem acirrada com os outros dois grupos existentes. O do prefeito Henrique Vargas (PRP),  que pode disputar a reeleição, e do ex-prefeito e ex-deputado estadual Luiz Pereira (PP). 

Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp