21/09/2015 às 09h45min - Atualizada em 21/09/2015 às 09h45min

Homem é preso suspeito de matar colega a socos e pauladas por causa de R$ 4 na Serra

Valber Roberto da Silva, de 35 anos, é o suspeito de ter matado o atendente de bar João Jorge Gonçalves, de 59 anos, com socos e pauladas. A vítima era vizinha e colega do suspeito

Folha Vitória

Uma discussão por causa de R$ 4 teve um final trágico, na madrugada deste domingo (20), no bairro Nova Almeida, na Serra: um homem foi espancado até a morte. Vítima e suspeito eram conhecidos por moradores da região.

Valber Roberto da Silva, de 35 anos, é o suspeito de ter matado o atendente de bar João Jorge Gonçalves, 59 anos, com socos e pauladas. A vítima era conhecida como “baixinho” e era vizinho e colega do suspeito.

Durante a madrugada, os dois se desentenderam em um bar. A dona do estabelecimento contou a equipe de reportagem da TV Vitória/Record que a confusão começou por causa de uma briga por R$ 4.

Segundo testemunhas, depois de discutirem no bar, a vítima foi para casa, e Valber teria invadido a residência de João e continuado com as agressões. O crime aconteceu por volta de 1h30 deste domingo (20).

Valber foi preso poucos minutos após o crime. Quando percebeu a presença da polícia, o suspeito tentou fugir e se escondeu em um terreno baldio, mas logo foi localizado. Ao ser abordado pelos militares, Valber não negou o que fez e disse que matou porque “não tolera desaforo de ninguém”.

A esposa de Valber contou que o marido é um homem agressivo. A mulher está casada há cinco anos e afirma que já foi vítima da fúria do marido chegando até a pensar que um dia poderia ser assassinada.

O suspeito foi levado para a delegacia da Serra.


Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp