19/09/2015 às 09h03min - Atualizada em 19/09/2015 às 09h03min

Rapaz é preso por torturar o filho de 7 anos da namorada

Segundo o acusado, 24 anos, o menino apanhava por se comportar mal

Gazeta Online

Um rapaz de 24 anos foi preso na manhã desta sexta-feira (18) acusado de torturar o filho de 7 anos da namorada dele. Ele confessou as agressões, mas alegou que o objetivo das agressões era corrigir o comportamento criança.

Em depoimento, o acusado contou que namora a mãe da criança há 3 anos, mas afirmou que as agressões começaram há seis meses. De acordo com ele, o menino apanhava por se comportar mal. Ele disse estar arrependido, mas afirma que a vítima precisava de um "corretivo".
Segundo informações da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), no último fim de semana o agressor teria amarrado a criança com uma mangueira e batido nela com um fio elétrico e chinelo. Na última segunda-feira (14), ao chegar na escola, os professores viram as marcas da agressão e levaram o menino ao Conselho Tutelar.
Ainda de acordo com a DPCA, a vítima chorou durante todo o depoimento. Com medo de voltar a ser agredido, o menino não quis voltar para casa. Ele foi encaminhado a um abrigo. Já a mãe do menino afirma não saber a gravidade das agressões. Ela disse que o namorado só batia na criança com chinelo.
O acusado foi encaminhado ao Centro de Triagem de Viana. Ele vai responder pelo crime de tortura e vai aguardar o julgamento na prisão. A pena pode ser de até 8 anos de reclusão. A DPCA vai investigar se a mãe foi cúmplice ou se houve negligência. 

Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp