05/03/2021 às 18h32min - Atualizada em 06/03/2021 às 00h00min

Instituto do Câncer faz levantamento sobre os tipos de tumores mais tratados entre brasileiros

Câncer de mama aparece em primeiro lugar no ranking dos mais prevalentes em mulheres, seguido por cânceres do aparelho digestivo. Os tumores do aparelho digestivo também ficam em segundo lugar entre os homens, chamando atenção à necessidade de endoscopia terapêutica

DINO
https://endoscopiaterapeutica.com.br/

O Icesp (Instituto do Câncer do Estado de São Paulo), parceiro do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, realizou um estudo, em decorrência do Dia Mundial do Câncer, mostrando quais são os cânceres mais presentes entre homens e mulheres tratados pelo Instituto. O Instituto conta com cerca de 45 mil pacientes em tratamento, sendo que, dessas pessoas, 44% são homens e 56% são mulheres. Com relação à faixa etária, a mais prevalente é a de 51 a 60 anos (27%).

Tumores no aparelho digestivo são prevalentes em homens e mulheres

O Icesp, em sua pesquisa, constatou que, entre os homens, o câncer de próstata é o mais presente (36,2%), seguido pelo câncer no aparelho digestivo, que representa, atualmente, mais de 20% do total. Já entre as mulheres, o câncer de mama fica no topo do ranking de casos (37,5%), seguido pelos tumores no aparelho digestivo (17,7%), o que indica prevalência desse tipo de câncer tanto entre o público masculino quanto no feminino.

Os tumores que se desenvolvem no aparelho digestivo aparecem em destaque por estarem bastante presentes entre homens e mulheres, representando quase 19% de todos os tratamentos realizados no Instituto. Isso chama a atenção dos especialistas, já que, além de comuns, os tumores do aparelho digestivo não costumam desenvolver sintomas durante as primeiras fases da doença. No próprio Icesp, até 70% dos casos começam o tratamento já em estágios avançados do câncer.

Diagnóstico precoce é decisivo no tratamento de tumores do trato digestivo

Os tumores mais comuns do trato digestivo são: esôfago, colorretal (ou câncer do intestino grosso), estômago, fígado, vias biliares e pâncreas. São tumores que podem aparecer ao longo de toda a vida, e o diagnóstico precoce é crucial para a eficiência do tratamento.

Os sintomas são de difícil identificação, mas o corpo pode mostrar alguns sinais de problemas presentes, como dor abdominal sem explicação, sangramento nas fezes e, o mais comum, mudança nos hábitos intestinais. De toda forma, até que o paciente comece a se preocupar o suficiente para procurar auxílio médico e fazer os exames, é bem provável que a doença já se encontre em estágio avançado.

Pessoas com mais de 50 anos ou com histórico familiar devem ter acompanhamento frequente

Homens e mulheres com mais de 50 anos, assim como todas as pessoas com histórico familiar de câncer e problemas no sistema digestivo, devem realizar acompanhamento regular com médicos especialistas. Dessa forma, o paciente assegura para si um tratamento muito mais eficaz e que lhe garanta a melhor qualidade de vida possível.

Realização de exames, como endoscopia terapêutica, é determinante para diagnóstico

Diagnóstico precoce é crucial no tratamento do câncer. Para que seja feito de forma adequada e assertiva, é preciso que o paciente realize determinados exames, como endoscopia terapêutica e colonoscopia, de forma a auxiliar o profissional de saúde no momento de realizar um check-up ou investigar sintomas.

De acordo com o Dr. Bruno da Costa Martins, editor-chefe do site Endoscopia Terapêutica e presidente do Ceadi, a endoscopia é um exame muito importante para o "diagnóstico de afecções do aparelho digestivo, auxiliando o médico clínico na investigação dos sintomas e direcionamento do tratamento mais adequado. A colonoscopia consagrou-se como exame fundamental para a prevenção de tumores do intestino grosso, visto que pode identificar e remover lesões precursoras e neoplasias precoces".

Pelo portal Endoscopia Terapêutica, profissionais de saúde podem obter mais informações sobre exames e casos clínicos.



Website: https://endoscopiaterapeutica.com.br/
Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp