02/03/2021 às 08h20min - Atualizada em 02/03/2021 às 10h00min

Uso incorreto de antibióticos pode levar a problemas oculares

Indicações de medicação sem avaliação médica causam vários efeitos colaterais e, principalmente, podem mascarar o problema de saúde.

DINO
http://www.visaohospitaldeolhos.com.br

Quem nunca pediu uma indicação de medicamento que atire a primeira pedra. E, é claro, a resposta é aquela famosa frase: “usa esse remédio, ele foi ótimo para mim”. A grande questão dessas prescrições sem avaliação médica são os efeitos colaterais e, principalmente, a possibilidade de mascarar o problema de saúde.

Esse risco é ainda maior quando são antibióticos. Isso porque existem vários tipos de bactérias e cada um é tratado com um remédio diferente. “As pessoas querem soluções rápidas e a maioria delas acredita que isso é possível com o uso de antibióticos, o que muitas vezes não é indicado. Esses medicamentos são extremamente importantes, mas o consumo inadequado pode trazer diversas consequências, como alterações na visão”, explica Dr. Tarciso Schirmbeck, oftalmologista do Visão Hospital de Olhos.

Na oftalmologia, os colírios antibióticos são essenciais para tratamento de infecções oculares e, também, no período pós-cirúrgico. Entretanto, quando usados incorretamente, podem levar a graves resultados. “Temos o surgimento de bactérias resistentes aos colírios antibióticos, devido a mutações nos microrganismos, que geralmente estão relacionadas à aplicação inapropriada dessa substância”, esclarece o médico.

Dr. Tarciso ressalta que um dos motivos para isso acontecer é a interrupção do tratamento, quando o indivíduo percebe uma melhora. “O que mais vemos no consultório é o paciente parar o colírio porque melhorou um pouco, usar menos vezes do que o recomendado, esquecer de aplicar ou mesmo trocar por outro ‘que foi bom da outra vez’. Sem contar a recomendação de pessoas próximas”, destaca o especialista.

Poucas pessoas sabem, mas a utilização indevida desse tipo de remédio pode provocar alterações oculares. “O uso excessivo, seja na dosagem ou na frequência, pode causar toxicidade ao epitélio da córnea (“pele da córnea”), o que impede a cicatrização completa da lesão. Além disso, alguns antibióticos geram uma diminuição da visão e irritação ocular persistente”, observa o oftalmologista.

Para evitar a compra indiscriminada desses medicamentos, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) só permite a venda de antibióticos com receita de controle especial e com validade de 10 dias. “Essa é uma tentativa de minimizar o surgimento de bactérias super-resistentes e incentivar a ida ao especialista. Ter o acompanhamento médico para a correta indicação do uso de antibióticos, avaliação do tempo de tratamento e do momento ideal de finalizar a utilização é a forma mais eficaz de prevenir o agravamento de doenças”, conclui Dr. Tarciso.



Website: http://www.visaohospitaldeolhos.com.br
Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp