25/02/2021 às 11h44min - Atualizada em 25/02/2021 às 11h44min

Cesan admite falta de investimentos em Kennedy e culpa fim da concessão dos serviços de saneamento

"Precisamos de concessão para poder investir"

Da Redação

Um representante da Cesan (Companhia Espírito Santense de Saneamento) esteve nesta quinta-feira(25) no plenário da Câmara Municipal para dar explicações sobre a falta de água na Sede de Presidente Kennedy. O convite foi feito pelos vereadores.

Segundo Laudes Guarnier Fim, representante da companhia, o contrato de concessão com o Município para a Sede está vencido desde 2017 e a partir de então a Cesan não pode realizar investimentos em Kennedy, apenas manutenções e correções.

O contrato vigente não permite e não prevê investimentos para levar água tratada ao Bairro dos Vianas ou ao loteamento Baiense, por exemplo, porque logo após o investimento alto que for realizado pela companhia um novo concessionário pode começar a atuar e a Cesan 'perder' o dinheiro investido e a concessão.

"Precisa de concessão para investir, infelizmente. A gente só faz manutenção, investimento só se tiver renovação da concessão", afirmou Laudes.

Em suas falas os vereadores cobraram melhorias do serviço na Sede e a Cesan afirmou ser de interesse dela continuar a atuar no município com um novo contrato de concessão pública e assim realizar os investimentos necessários.

O serviço de melhorias pontuais estão mantidos. A Cesan deve realocar em breve o booster que atende ao Bairro das Flores e acabar com a falta d'água na região.

Confira as perguntas e respostas:

 


Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp