24/02/2021 às 13h55min - Atualizada em 25/02/2021 às 00h00min

Dados indicam que o Parque Estadual do Jalapão recebeu cerca de 150 mil turistas nos últimos nove anos

A reserva de conservação do Jalapão é um dos destinos de ecoturismo mais procurados do Brasil; ainda assim, visitantes nos últimos nove anos não ultrapassam os 150 mil. Medidas de proteção contra a covid-19 tornaram o destino ainda mais exclusivo, demandando a presença de agências de viagem para exploração

DINO
https://www.korubo.com.br/

De acordo com o time de supervisão do Parque Estadual do Jalapão (PEJ), uma das maiores atrações turísticas do Tocantins, o destino recebeu apenas 150 mil turistas desde 2012, ano em que a contabilização de visitantes foi iniciada.

Reinaldo Tavares de Sousa, gestor do PEJ e integrante do time de supervisão do local, evidencia que, mesmo que o número de visitantes pareça baixo - sobretudo quando comparado a outros destinos turísticos brasileiros - vale lembrar que o Jalapão faz parte de uma reserva ambiental com acesso restrito. Esse cuidado, segundo os especialistas, serve para garantir que a exploração turística realizada no local seja sustentável.

Tavares explica que "até mesmo a presença de pesquisadores, que têm no Parque seus objetos de estudos, precisam ser autorizados pelo Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), a quem compete a gestão da Unidade de Conservação".

O especialista indica ainda que, por conta das medidas de segurança decorrentes da pandemia, atrações como as Dunas, a Serra do Espírito Santo, a Cachoeira da Velha e a Prainha do Rio Novo se tornaram ainda mais exclusivas.

Por ser uma região ostensivamente utilizada em programas de televisão, novelas e outros produtos de entretenimento, o destino é interessante para uma série de viajantes interessados no ecoturismo. Ao mesmo tempo, os acessos difíceis e sua localização afastada também tornam o Jalapão um dos mais exclusivos pontos turísticos do Brasil.

A pandemia e o Parque Estadual do Jalapão: quais são as novas regras de visitação?

A Instrução Normativa foi publicada em outubro de 2020 e determina algumas novas regras para turistas que desejam conhecer a área. O agendamento da visita é uma das principais mudanças. Ele deve ser feito por meio do preenchimento de uma ficha, que pode ser encontrada no site da Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia do Tocantins. Esse agendamento só pode ser feito por meio de agências de viagem ou guias de turismo credenciados no Cadastur e no Naturatins. A solicitação deve ser feita com quatro dias de antecedência.

As regras também tornam obrigatória a presença de guias turísticos ou agências de viagem para a exploração das atrações. Máscaras e outros cuidados de prevenção contra o vírus são obrigatórias.
Por que visitar o Parque Estadual do Jalapão?

Segundo especialistas em ecoturismo, o Jalapão é um dos mais importantes destinos do Brasil. Lar de um dos últimos rios de água potável do mundo, o Jalapão também conta com atrações como fervedouros, dunas, trilhas, cachoeiras e uma rica cultura local.

Para aqueles que procuram se desconectar, o Jalapão pode ser uma ótima opção, já que conexões com a Internet são raras na localidade. Existem empresas de ecoturismo, como a Korubo, por exemplo, que oferecem aos turistas uma experiência de acampamento com alguns confortos, como água quente e iluminação alimentada por energia solar.



Website: https://www.korubo.com.br/
Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp