16/02/2021 às 04h07min - Atualizada em 16/02/2021 às 05h20min

Thales irá digitalizar o sistema de sinalização de trens de Stuttgart

O projeto, com base em tecnologias de ponta, define padrões para digitalização de ferrovias na Alemanha e na Europa e aprimorar substancialmente a capacidade e conforto Sinalização de alta tecnologia irá garantir mais pontualidade e permitir que maior número de viagens por trens, sem necessidade de construir trilhos adicionais. O contrato representa um valor de cerca de € 127 milhões

DINO

Como parte do pacote inicial "Ferrovias digitais da Alemanha", a Deutsche Bahn, empresa de transportes do país, está equipando a região de Stuttgart com um sistema de sinalização digital (DSTW*), o Sistema Europeu de Controle de Trens (ETCS*) e Operações Automáticas de Trens (ATO*) com maquinista. No fim de novembro de 2020, a Thales venceu a concorrência para implantar os módulos 1 e 2 do projeto "Entroncamento Digital de Stuttgart" até ao fim de 2025. O contrato no valor de cerca de € 127 milhões abrange a instalação do sistema de sinalização digital, instalação de ETCS, trabalhos preliminares para implementar operações automáticas laterais aos trilhos e do Sistema de Gestão de Capacidade e Tráfego (CTMS*), um moderno ambiente de tecnologia e operação, com mais de 6 mil marcadores eletrônicos de quilômetros (balises), mais de 1,3 mil pontos de contagem de eixos e cerca de 650 máquinas pontuais.

Este comunicado de imprensa inclui multimédia. Veja o comunicado completo aqui: https://www.businesswire.com/news/home/20210215005381/pt/

Project “Digital node Stuttgart” @Deutsche Bahn / Arnim Kilgus

Project “Digital node Stuttgart” @Deutsche Bahn / Arnim Kilgus

Project “Digital node Stuttgart” @Deutsche Bahn / Arnim Kilgus

O "Entroncamento Digital de Stuttgart", parte do programa "Ferrovias Digitais da Alemanha", que acrescentar até 20% de capacidade extraàrede ferroviária. O projeto inclui uma importante parceria de inovação para a Thales Germany com a Deutsche Bahn para o desenvolvimento e co-design de novas tecnologias de ponta.

"O primeiro entroncamento digital na Alemanha será referência a outras regiões metropolitanas da Europa nos próximos anos. Com a Deutsche Bahn AG, DB Netz AG, DB Projekt Stuttgart-Ulm GmbH e todos os participantes do projeto, temos o prazer de ajudar a conceber o plano para futuros projetos de digitalização", esclareceu Oliver Dörre, diretor executivo e diretor nacional da Thales Deutschland. "Reunimos todas as condições para implementar com sucesso esta grande iniciativa. Estamos muito familiarizados com o entroncamento de Stuttgart desde projetos anteriores e, agora, esperamos cooperar ativamente com nosso cliente, oferecendo o mais alto nível de tecnologia para aprimorar a oferta para passageiros ferroviários", continuou. "Nossos funcionários estão, é claro, bem motivados e orgulhosos de poder contribuir para "sua" estação."

A partir de 2025, os trens de longa distância, regional e tráfico S-Bahn (sistema de trens rápidos) no entroncamento de Stuttgart irão viajar em uma rede equipada com a mais recente tecnologia digital. Além de uma nova estação principal e outras estações, mais de 100 km de trilhos serão equipados com a tecnologia de sinalização digital, o ETCS e as operações altamente automatizadas. Assim, Stuttgart é a origem e o projeto original de digitalização de toda a rede ferroviária alemã, programada para ser concluída quase em sua totalidade até 2035.

O projeto "Entroncamento Digital de Stuttgart" também é um passo importante para o futuro para o desenvolvimento do S-Bahn. O sistema de sinalização mais moderno da Alemanha irá controlar, no futuro, as mais curtas sessões de blocos já implantadas, de apenas 30 metros de comprimento. Logo, os trens S-Bahn irão viajar em uma sucessão mais próxima do que em qualquer lugar na Alemanha até agora. Isto não apenas reduz e elimina melhor os atrasos, mas também permite que mais trens trafeguem muito mais do que hoje - com segurança e sem ter que construir um único metro de trilhos a mais. Para mais informações, acesse a página de Transportes em nosso website.

Nota aos editores:

* Sistemas de Sinalização Digital

A base da digitalização é o sistema de sinalização digital (DSTW). Usando links de dados criptografados, um sistema computadorizado altamente seguro se conecta a elementos periféricos, como sensores ou pontos. Como todo sistema de sinalização moderno, um DSTW garante, em particular, que os trens apenas entrem em trechos de trilhos livres, e os pontos sejam fechados na posição correta. Ao contrário dos sistemas de sinalização eletrônica até então comuns (ESTW), o DSTW separa o fornecimento de energia e os dados. Com uso de fibras de vidro, quase todas as distâncias entre o núcleo do sistema de sinalização e os elementos periféricos podem ser implementadas. Em Stuttgart, um DSTW controlando mais de 100 km de trilhos está sendo criado inicialmente. Isto inclui três dos 21 sistemas de sinalização eletrônica planejados como parte do Stuttgart 21 e outros sistemas de sinalização legados. Os sistemas de sinalização eletrônicos ou digitais são a base para o nível 2 do ETCS.

* Sistema Europeu de Controle de Trens (ETCS)

O Sistema Europeu de Controle de Trens (ETCS) é uma história de sucesso. Concebido durante a década de 1990 como um "sistema de sinalização" uniforme para o tráfego europeu entre fronteiras, agora é utilizado mundialmente. No "Entroncamento Digital de Stuttgart", inicialmente é aplicado em sua forma de nível 2. O trem e os trilhos trocam dados continuamente por meio de um link de rádio criptografado. Nas Eurobalises amarelas - uma espécie de marcador eletrônico do quilômetro no trilho - os trens determinam sua localização precisa em intervalos regulares. Com uso de sensores de distância e velocidade, incluindo contadores de rotação das rodas e radar, o veículo mede continuamente o caminho percorrido e sua velocidade. Com os dados transmitidos pela ferrovia, incluindo a linha livreàfrente do trem, o computador ETCS de bordo calcula continuamente, por exemplo, a via livreàfrente do trem e a velocidade permitida. Ao contrário da tecnologia de sinalização convencional antiga, em que os pontos de luz nos sinais transmitem informações comparativamente simples sobre um máximo de dois trechosàfrente do trem em um sistema comparável a um semáforo, o maquinista recebe uma imagem muito mais precisa e continuamente atualizada com o ETCS Nível 2. Visto que, com o controle convencional e a tecnologia de segurança, tal trecho tem normalmente ao menos um quilômetro de comprimento, ele pode ser reduzido a qualquer comprimento com o ETCS.

* Operações Automáticas de Trens com maquinista (ATO GoA 2)

A Operação Automática de Trens (ATO) será utilizada no futuro no Entroncamento Digital de Stuttgart com um Grau de Automação 2 (GoA 2). O sistema funciona como uma espécie de controle remoto de cruzeiro, com os trilhos informando ao trem quando ele deve estar em qual local. O dispositivo do veículo controla a velocidade de acordo. Em caso de atrasos, é aplicada a velocidade mais alta permitida e, durante as operações dentro da programação, a velocidade que conserva mais energia. Nas plataformas, a ATO permite uma parada altamente precisa. O condutor está a bordo, monitora a viagem e pode intervir a qualquer momento. Com base no ETCS, a ATO facilita viagens de alta precisão. Isto evita atrasos e diminui a distância entre dois trens.

* Sistema de Gestão de Capacidade e Tráfego (CTMS)

O Sistema de Gestão de Capacidade e Tráfego (CTMS) é um componente central das futuras operações ferroviárias e visa facilitar o melhor uso da infraestrutura existente mediante, por exemplo, operações automáticas de aceleração e frenagem. Isto conduz ao aumento da capacidade e melhor qualidade operacional. Com o desenvolvimento atual, o CTMS está baseado nos mais recentes algoritmos nos campos de Inteligência Artificial (IA) e Pesquisa Operacional (OR).

Sobre a Thales

A Thales (Euronext Paris: HO) é líder global em alta tecnologia que investe em inovações digitais e tecnologias essenciais – conectividade, big data, inteligência artificial, cibersegurança e tecnologia quântica – para construir um futuro em que todos possamos confiar e que é vital para o desenvolvimento de nossa sociedade. A empresa oferece soluções, serviços e produtos que ajudam seus clientes – empresas, organizações e nações – a superar seus desafios nos mercados de defesa, aeronáutica, espaço, transporte e identidade digital e segurança, tendo sempre pessoasàfrete do processo de tomada de decisão.

Com 83.000 colaboradores em 68 países, a Thales teve um faturamento de € 19 bilhões em 2019 (em base pró-forma, incluindo a Gemalto durante 12 meses).

VISITE A

Grupo Thales
Página de mercado - Transportes

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.


Contato:

RELAÇÕES PÚBLICAS

Thales, Assessoria de Imprensa

LATAM

Jacqueline Takemasa

+55 (11) 95305-0437

[email protected]

Nubia Xavier

+55 (11) 94176-0290

[email protected]

CDN

Fábio Souza

+55 11 3643-2813

[email protected]

Ana Beatriz Paschoal

+55 11 3643-2737

[email protected]


Fonte: BUSINESS WIRE
Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp