28/01/2021 às 15h24min - Atualizada em 29/01/2021 às 00h00min

Setor de flores e plantas ornamentais cresce na contramão da crise

Proprietários de floriculturas percebem melhoras nas vendas e atribuem a maior sensibilidade das pessoas causada pelo distanciamento social

DINO
https://www.penseflores.com/

Em tempos de distanciamento social, o cultivo e aquisição de flores e plantas ornamentais cresce entre os brasileiros como maneira de passar o tempo e presentear pessoas queridas. Na onda desse mesmo mercado, lembranças como arranjo de flores, cesta de café da manhã, buquê de rosas e as novas tendências nos escritórios, a cesta happy-hour e a cesta de bebidas, vêm conquistando o gosto e o comércio popular.

Na prática, esse novo hábito contribui ainda mais para o crescimento do setor no país, atrelado a outra importante característica que é a compra pela internet, o que facilita a escolha, agiliza a entrega e mantém a qualidade do produto até sua chegada ao destinatário final.

DADOS - Dados divulgados pela Secretaria da Agricultura e Abastecimento do Estado São Paulo, mostram o potencial da região de Campinas no cenário nacional, inserindo o Brasil como 8º maior exportador mundial de flores e plantas ornamentais. Só em 2018, o mercado faturou cerca US$ 8,41 milhões, o que representa 62,3% do valor total dos produtos que deixaram o país.

RUMOS - De olho neste cenário em pleno desenvolvimento e na contramão da economia nacional, empresas de distribuição de flores, como a distribuidora Tem Flores e a Pense Flores, distribuidora e floricultura, respectivamente, ambas localizadas na região de Campinas, por exemplo, passam a disputar um mercado cada vez mais acirrado na busca por melhores preços e qualidade. Desta maneira, ampliam o leque de opções, abrindo a possibilidade de o cliente realizar a compra direta por meio de uma distribuidora com a finalidade de produzir buquês, arranjos ou até mesmo um jardim por conta própria.

Outro ponto a se considerar para o sucesso neste no ramo de flores e a adoção de localização estratégica, como utilizada por Eudjane, da Floricultura Pense Flores. Tal medida favorece o planejamento de atendimento, ampliando o alcance do comércio de flores para entrega em Campinas, Hortolândia, Paulínia, Sumaré, Valinhos, Sumaré, Jaguariúna, Holambra e Vinhedo, fazendo com que ele cresça disparadamente, movimentando a economia local apoiando a mão de obra.

TENDÊNCIAS - Eudjane Costa, proprietária da Floricultura Pense Flores, destaca que um dos segredos para continuar crescendo e se tornar referência no mercado é dar aquilo que o cliente quer: melhores preços e qualidade. Costa afirma: “Diante de um mercado cada vez mais seletivo e exigente, a Floricultura Pense Flores teve que se adaptar, fazendo com que os nossos clientes se sintam atraídos pelos nossos produtos. Para isso, elaboramos arranjos, buquês e cestas para presentear que sejam realmente vantajosas. Fazemos pesquisa de mercado e atualizamos a tecnologia de planejamento logístico da floricultura, o que tem sido um diferencial da Floricultura Pense Flores”.

Eudjane Costa, da Pense Flores, conclui: “Com o distanciamento social, as pessoas estão mais sensibilizadas e suscetíveis a comprar flores para presentear. Esse é um gesto que nunca vai sair de moda, por isso, caprichamos na embalagem, na entrega das flores e na qualidade dos produtos, para tornar esse momento de dor e reflexão um pouco mais leve para as pessoas em geral”.



Website: https://www.penseflores.com/
Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp