20/01/2021 às 14h27min - Atualizada em 20/01/2021 às 15h20min

Empresas no Brasil Procuram por Prestadores de Serviços de Analytics para a Melhorar seus Processos de Tomada de Decisão.

O relatório ISG Provider Lens™ mostra que empresas brasileiras estão em busca de melhores formas de lidar com o explosivo crescimento do volume de dados.

DINO

As empresas no Brasil estão buscando apoio de prestadores de serviços e soluções de analytics como uma forma de capturar insights e lidar com o volume crescente de dados que elas coletam, de acordo com um novo relatório publicado hoje pelo Information Services Group (ISG) (Nasdaq: III), uma empresa líder em pesquisa de tecnologia global e de consultoria.

O relatório 2020 ISG Provider Lens™Analytics – Solutions and Service Partners para o Brasil aponta que empresas no país procuram fornecedores de análise de dadosàmedida que se concentram na transformação digital e adotam a ciência de dados.

“Novos algoritmos de inteligência artificial como de aprendizado de máquina e de aprendizado profundo podem ajudar as empresas a fazer cálculos complexos que não eram possíveis anteriormente,” afirma Marcio Tabach analista líder e autor do relatório. “A ciência de dados permite fazer previsões, classificações e regressões com alto nível de acurácia, resultando em melhor tomada de decisões.”

Apesar dos grandes benefícios potenciais do uso de analytics nas situações de negócios, existem ainda algumas barreiras para a adoção em massa, particularmente em mercados emergentes como o Brasil, segundo o relatório. Algumas empresas têm dificuldade em avaliar o valor que estruturas complexas de analytics irão agregar aos seus negócios e se estas aplicações valem o alto investimento. Outras empresas têm sistemas legados que apresentam desafios como ter uma visão completa dos dados e assim, fornecer insights em tempo real.

A pandemia do COVID-19, entretanto, deve aumentar a adoção do analytics, inteligência de negócios, ciência de dados e serviços relacionados no Brasil, sugere o relatório. A pandemia forçou a maioria das empresas a rever seus planos financeiros e aquelas com melhores capacidades de analytics foram capazes de testarem diferentes cenários e adaptar os seus planos mais rapidamente.

O relatório, no entanto, observa que as receitas de serviços de analytics no Brasil estão aquém das de outros mercados desenvolvidos. Grandes fornecedores de tecnologia indicaram que suas receitas de analytics no Brasil representam menos de dois porcento de suas receitas globais de analytics. Alguns destes prestadores de serviço dizem que suas operações no país têm capacidade limitada em analytics.

Muitas grandes empresas internacionais de TI ainda não investem de forma proativa na venda de serviços de analytics no país, acrescenta o relatório. No entanto, empresas locais e multinacionais com relacionamentos de longa data com o Brasil estão preenchendo a lacuna. As empresas locais de TI estão oferecendo suas soluções e experiência para resolver demandas ad hoc e estão desenvolvendo casos de uso muito eficazes. Os setores de seguros, saúde e varejo foram os pioneiros na adoção dos serviços de analytics no Brasil.

O relatório 2020 ISG Provider Lens™Analytics – Solutions and Service Partners para o Brasil avalia as capacitações de 40 fornecedores em seis quadrantes: serviços de ciência de dados, serviços de engenharia de dados, serviços de infraestrutura e integração em nuvem de dados, serviços de gerenciamento do ciclo de vida de dados, plataformas de auto serviço de analytics e B.I. como serviço e soluções de relatório de analytics.

O relatório aponta a IBM como líder em cinco quadrantes e Accenture, Deloitte, Ernst & Young e Sonda como líderes em quatro. Keyrus, Qlik, SAP, Stefanini e Tableau são indicados como líderes em dois quadrantes, e Infosys, Microsoft, Oracle e SAS são indicados como líderes em cada um.

Além disso, a Deal foi nomeada Rising Star - empresa com "portfolio promissor" e "alto potencial futuro" pela definição do ISG - em dois quadrantes. Google, Hitachi Vantara, Keyrus, Splunk e Wipro foram nomeados Rising Stars em um quadrante.

Versões customizadas do relatório estão disponíveis a partir das páginas da Deal e Unisoma.

O relatório 2020 ISG Provider Lens ™ Analytics – Solutions and Service Partners para o Brasil está disponível para os assinantes ou para compra única nesta webpage.

Sobre a Pesquisa ISG Provider Lens™

A série de Pesquisas por Quadrantes do ISG Provider Lens ™ é a única avaliação dos provedores de serviços desse tipo, combinando pesquisa empírica orientada por dados e análises de mercado, com a experiência e observações do mundo real da equipe de consultoria global do ISG. As empresas encontrarão uma grande quantidade de dados detalhados e análises de mercado para ajudar a orientar na sua seleção de parceiros adequados de sourcing, enquanto os consultores ISG usam os relatórios para validar seu próprio conhecimento de mercado e fazer recomendações aos clientes corporativos do ISG. A pesquisa atualmente cobre provedores que oferecem seus serviços globalmente, em toda a Europa e América Latina, bem como nos EUA, Alemanha, Suíça, Reino Unido, França, Países Nórdicos, Brasil e Austrália / Nova Zelândia, com novos mercados a serem adicionados no futuro. Para obter mais informações sobre a pesquisa ISG Provider Lens, visite esta webpage.

Uma série de pesquisas complementares, como os relatórios ISG Provider Lens Archetype, oferece uma avaliação inédita dos provedores de serviços sob a perspectiva dos tipos específicos de comprador.

Sobre o ISG

ISG (Information Services Group) (Nasdaq: III) é uma empresa líder global em pesquisa de tecnologia e consultoria. Um parceiro de negócios confiável para mais de 700 clientes, incluindo mais de 75 das 100 maiores empresas do mundo, o ISG está comprometido em ajudar corporações, organizações do setor público e provedores de serviços e tecnologia a alcançar excelência operacional e crescimento mais rápido. A empresa é especializada em serviços de transformação digital, incluindo automação, nuvem e análise de dados; assessoria em sourcing; governança gerenciada e serviços de risco; serviços das operadoras de rede; estratégia e desenho de operações; change management; inteligência de mercado e pesquisa e análise da tecnologia. Fundado em 2006 e com sede em Stamford, Connecticut, o ISG emprega mais de 1.300 profissionais prontos no uso do digital que operam em mais de 20 países - uma equipe global conhecida por seu pensamento inovador, influência de mercado, profundo conhecimento em tecnologia e indústria, de classe mundial em pesquisa e recursos analíticos com base nos dados de mercado mais abrangentes do setor. Para mais informações visite www.isg-one.com.


Contato:

Assessoria de Imprensa:

Will Thoretz, ISG

+1 203 517 3119

[email protected]

Thábata Mondoni, Mondoni Press for ISG

+55 11 98671 5652

[email protected]


Fonte: BUSINESS WIRE
Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp