18/01/2021 às 09h28min - Atualizada em 18/01/2021 às 10h20min

Pandemia acelera transformação digital das empresas e fortalece o modelo de trabalho remoto e híbrido para 2021

CEO do Grupo Ideal Trends é uma das lideranças que incentiva a modalidade, operando com mais de 700 funcionários em home office e equipes híbridas desde março de 2020 em todo o Brasil

DINO
https://josepaulogit.com/

Passados 10 meses desde o início da pandemia no Brasil, a adoção do home office, que veio como uma alternativa emergencial para evitar a contaminação pelo coronavírus nos ambientes de trabalho, tornou-se um modelo viável e recomendado na rotina das empresas. E a perspectiva é de que o trabalho remoto seja ainda mais incentivado em 2021.

Dados da Fundação Instituto de Administração (FIA) afirmam que o trabalho em casa foi estratégia adotada por 46% de pequenas, médias e grandes empresas que atuam em todo o Brasil. A pesquisa ainda apontou que, mesmo com dificuldades de implantar o sistema, 50% delas tiveram suas expectativas superadas em relação ao teletrabalho e boa parte tem a intenção de continuar com a prática para até 25% do quadro. 

Seja para quem irá aderir à modalidade em definitivo, ou para aqueles que atuarão de forma híbrida, optando por ir ao escritório quando necessário, é preciso que haja um fortalecimento da cultura organizacional das empresas, para que gestores e equipes estejam integrados e motivados para inserirem-se nesses novos modelos. Mas como isso funciona e o que as empresas precisam para promover uma prática saudável e sustentável para o trabalho remoto?

Para o CEO do Grupo Ideal Trends, o empresário José Paulo Pereira Silva, hoje, com os avanços em programas e recursos disponíveis na internet, com soluções tecnológicas para organização, ficou muito mais fácil promover o trabalho remoto. Nesse sentido, ele ainda afirma que é essencial que o funcionário tenha apoio de seus gestores para atuar no modelo em que se sentir mais produtivo, seja em casa ou no escritório.

“As rotinas de trabalho foram alteradas e modelos que até então não eram praticados com efetividade, como o home office, se fortaleceram. Hoje, precisamos estar preparados, como empresa, para lidar com as mudanças do mercado, com lideranças que incentivem e motivem os funcionários, mesmo em tempos de incerteza e insegurança em relação ao futuro”, explica.

Em relação à produtividade, foi apontado pela pesquisa “Workquake: The New Work Order”, encomendada em maio pela Citrix, que 86% dos entrevistados se percebem igualmente ou mais produtivos trabalhando em casa – em comparação ao trabalho no escritório. O resultado desses números deve impactar na rotina de mais de 20 milhões de pessoas, já que, segundo estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), 22% dos empregos do Brasil podem ser realizados remotamente.   

Com mais de 1000 colaboradores, o Grupo Ideal Trends, conglomerado de empresas nas áreas de tecnologia, saúde, educação e marketing digital, aderiu ao trabalho remoto desde o início da pandemia nos escritórios em São Paulo, Flórida e Rio Grande do Sul. 70% das equipes, como desenvolvedores de softwares, vendedores, produtores de conteúdo e setor administrativo se adaptaram ao trabalho em casa. Para isso funcionar, o grupo forneceu toda a infraestrutura necessária, incluindo equipamentos, ferramentas on line e suporte tecnológico para manter o padrão de efetividade, automatizando os processos de atendimento ao cliente. 

Hoje, o modelo de trabalho praticado é o híbrido, na qual os gestores analisam o perfil e as necessidades de cada colaborador para que se encontre a melhor forma de produzir, utilizando as ferramentas digitais para apresentar suas tarefas, remota ou presencialmente, sem que isso interfira em sua produtividade. E em 2021, essa cultura Officeless veio para ficar. “Um dos nossos princípios é a empresa enxuta. Com a adoção do modelo híbrido, é possível diminuir as despesas do escritório e reinvestir esse valor no aprimoramento profissional do nosso time”, reitera José Paulo. 

 

Dicas de como fazer o trabalho remoto e híbrido funcionar de forma saudável:

 

1 – Definir metas: 

Gestores deixam de computar apenas horas trabalhadas, para avaliarem metas e entregas de tarefas, por exemplo, valorizando a produtividade e os resultados. 

 

2 - Centralizar as informações:

Para incentivar a integração das equipes, uma boa opção é criar um canal único de informações. Assim, toda a equipe estará a par da rotina da empresa. 

 

3 – Oferecer o suporte necessário: 

Com parte dos funcionários trabalhando de casa, uma alternativa é a substituição do auxílio com deslocamento para custear os gastos com internet e luz. Além disso, a empresa deve fornecer os equipamentos e ferramentas de trabalho necessários.

 

4 – Fortalecer a cultura da empresa:

Quando a equipe está feliz, motivada, ciente de sua importância, as pessoas se adaptam mais facilmente aos novos modelos de trabalho. Ter uma boa cultura na empresa traz bons resultados, independentemente do lugar em que se trabalha.

 

Redes Sociais:

Instagram: https://www.instagram.com/josepaulogit/ 

YouTube: https://www.youtube.com/c/Jos%C3%A9PauloGIT/ 

 



Website: https://josepaulogit.com/
Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp