14/08/2015 às 10h22min - Atualizada em 14/08/2015 às 10h22min

Operação resgata tartaruga e retira redes ilegais em Marataízes

Dezenas de redes de pesca instaladas de forma ilegal foram recolhidas no balneário

Gazeta Online

Agentes do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e funcionários da Secretaria de Meio Ambiente de Marataízes, no Litoral Sul, realizaram uma operação no mar nesta quinta-feira (13). Eles apreenderam dezenas de redes de pesca instaladas na foz do Pontal da Barra. Uma tartaruga foi resgatada.

Na operação, batizada de Quelônia, foram fiscalizados 25 quilômetros da costa de Marataízes. Boias e garrafas pet indicavam o local onde algumas redes de espera estavam instaladas de forma ilegal. Outras três redes foram encontradas na Praia da Barra de

Segundo o secretário de Meio Ambiente, Ronald Mignone, a costa de Marataízes possui muitas tartarugas, que acabam ficando presas nas redes e não conseguem subir para respirar. Por sorte, uma delas, da espécie verde, foi salva pela equipe durante a ação.
As redes são geralmente instaladas por pescadores da região muito próximas da foz, o que é proibido. De acordo com Mignone, deve ser respeitado o limite de 5 milhas da costa para pesca com redes. No entanto, ninguém foi identificado pela colocação das armadilhas.

Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp