12/01/2021 às 14h24min - Atualizada em 12/01/2021 às 15h20min

Pilates é uma alternativa para a prevenção de dores nas costas

Além dos benefícios físicos já conhecidos, a atividade também é capaz de reduzir o estresse e a ansiedade

DINO
http://smcare.com.br

A prática do Pilates pode ser uma opção interessante para evitar problemas musculares dorsais. É o que diz um estudo feito pelo Journal of Bodywork & Movement Therapies, dos Estados Unidos. Segundo a publicação, a atividade pode, além de prevenir incômodos, promover o alívio de dores crônicas na região lombar.

Para se ter ideia, a lombalgia é considerada o principal motivo de incapacitação das pessoas em todo o mundo e a segunda maior causa das ausências no trabalho, como aponta um relatório da revista científica britânica The Lancet. A própria Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que 70% da população do planeta sentirá dores nas costas ao longo da vida.

Uma vez tão comum, muitas pessoas que sofrem de problemas lombares e dorsais acabam desenvolvendo a cinesiofobia, o medo excessivo de realizar movimentos físicos associados às dores. De acordo com o estudo do Journal of Bodywork & Movement Therapies, 41% das pessoas com quadros avançados desse distúrbio psicológico tendem a reproduzir alguma incapacidade física.

Isso acontece, pois, devido ao receio de executar certos movimentos e atividades, o indivíduo acaba se privando de praticar exercícios. Assim, a falta de estímulos pode intensificar as dores e agravar o problema já existente. Então, o Pilates entra como um grande aliado na luta contra a lombalgia.

Tido como ferramenta essencial para amenizar dores, maximizar movimentos e promover uma postura adequada, o Pilates é uma atividade de baixo impacto bastante eficaz para pessoas que sofrem com incômodos nas costas. Mais do que alongamentos em si, os treinos de respiração contribuem para a melhora da circulação sanguínea e o consequente relaxamento muscular.

Entre tantos benefícios que esse método de tratamento oferece, destacam-se as seguintes vantagens físicas e psicológicas: aumento de flexibilidade e mobilidade das articulações, evolução da marcha e corrida, alívio de tensões musculares, melhora na respiração, aumento do tônus muscular, diminuição do estresse e ansiedade e estímulo do prazer nas relações sexuais.

Como toda atividade, no entanto, não é recomendado praticar esse tipo de exercício sem orientação e acompanhamento profissional qualificado. Para isso, existe uma série de clínicas de fisioterapia em São Paulo especializadas no tratamento de dores e lesões no corpo, com fisioterapeutas altamente preparados para intervir de forma terapêutica ou receitar medicações.

É importante frisar que a opção por remédios deve ser utilizada em último caso, priorizando tratamentos menos invasivos. Considerada a segunda mais importante associação de profissionais de medicina dos Estados Unidos, o Colégio Americano de Médicos (ACP, na sigla em inglês) vem trabalhando, desde 2017, contra a prescrição de medicamentos para dores nas costas num primeiro momento, a fim de evitar a dependência de algumas substâncias.

Ao aparecer qualquer sintoma recorrente de lombalgia ou dores dorsais, todo indivíduo deve procurar um médico ou fisioterapeuta para corrigir o problema o quanto antes. Isso porque, mais do que um incômodo que pode se agravar com o tempo, a dor lombar pode sinalizar o surgimento de mais de 50 doenças, como hérnia de disco, artrose, artrite, reumatismo, entre outras.



Website: http://smcare.com.br
Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp