05/01/2021 às 14h10min - Atualizada em 05/01/2021 às 15h20min

Depressão tem cura? Os principais passos para quem sofre com a doença

Um pouco mais sobre como funciona o tratamento da depressão e como a tecnologia pode ajudar na hora de diagnosticar e tratar a doença

DINO
https://melhoresofertas.net/

Atualmente, as pessoas sofrem cada vez mais com condições patológicas, não só no corpo, mas também na mente. Isso porque o ritmo completamente acelerado das rotinas e a falta de descanso, assim como muitos outros fatores, acabam fazendo com que doenças desse tipo ganhem cada vez mais espaço.

A depressão é uma doença que já assola mais de 300 milhões de pessoas ao redor de todo o mundo, segundo dados da OMS(Organização Mundial da Saúde). No Brasil, os mesmos dados apontam que 5% da população sofre da doença. Isso significa basicamente que ela é uma das maiores doenças do século, mesmo que não cause fenômenos visíveis como as outras doenças.

Porém, a verdade é que os avanços na medicina dão cada vez mais esperança para os pacientes, principalmente aqueles que possuem depressão e não conseguem saber como sair dessa situação tão difícil.

A depressão tem cura?

Essa é uma pergunta muito feita ao redor de todo o mundo por pacientes e muitas outras pessoas: afinal, a depressão tem cura ou não tem?

A resposta é muito boa para os pacientes que têm a doença: sim, a depressão tem cura, mas o tempo de tratamento irá mudar de acordo com o tipo de tratamento, estágio da doença, além de aspectos ambientais e genéticos.

A verdade é que a depressão deve sempre ser tratada com profissionais da mente; ou seja, com psiquiatras e psicólogos ou psicanalistas, já que eles conseguirão passar o tratamento exato que deve ser seguido. Hoje em dia muitas pessoas se dizem profissionais na área da saúde mental, mesmo não tendo estudos comprovados na área.

Tratamento com antidepressivo

Em casos um pouco mais avançados de depressão, é normal que um antidepressivo seja indicado para o paciente. Nesse caso, ele deve ser ministrado da maneira correta, já que antidepressivos são remédios com efeitos fortes, extremamente necessários quando receitados, mas que exigem muito cuidado.

O tratamento com antidepressivo não deve ser a única forma de tratamento do paciente, já que recomenda-se também que o paciente faça exercícios físicos e, claro, continue fazendo terapia, outra parte muito importante do tratamento contra a doença.
É importante lembrar que os antidepressivos não devem ser de forma alguma tomados por vontade própria, principalmente porque elementos como dosagem e frequência de uso precisam ser ditos pelo médico que está cuidando do caso.

Tratamento com exercício físico

A prática de exercício físico é algo muito difícil nos dias de hoje, principalmente porque com o dia a dia corrido da maior parte das pessoas acaba deixando o corpo de lado, e infelizmente, acabam se assustando quando percebem que isso também influencia muito na saúde mental, muito mais do que se pensava.

Isso é extremamente comum, já que a depressão é causada por alterações no organismo e os exercícios físicos agem liberando hormônios bons para o corpo, como a serotonina, o hormônio do prazer. Geralmente, pacientes com depressão costumam ter uma produção de serotonina muito baixa, já que a grande produção de cortisol acaba inibindo isso.

Porém, ao fazer exercícios físicos os níveis de serotonina no corpo aumentam consideravelmente, fazendo com que a pessoa se sinta mais animada, disposta e otimista, ajudando no tratamento como um todo.

Portanto, lembre-se que exercícios físicos são extremamente bons, mas eles devem ser feitos de acordo com a vontade do paciente, principalmente porque isso é algo que também irá modificar o corpo físico e muitas pessoas não querem mudar.

Tratamento com terapia

A terapia é responsável por ajudar o paciente a perceber os sinais mais fortes de depressão e suas causas. Por esse motivo, o normal é que o terapeuta conheça muito bem o paciente, saiba a história de vida e seus progressos, e muito mais.

Porém, é importante sempre lembrar que algumas pessoas não conseguem gostar de terapia, e nesse caso recomenda-se que o paciente mude de terapeuta até encontrar uma que gosta, já que essa é uma parte muito importante do processo.

Uso da tecnologia no tratamento da depressão

Nos últimos anos surgiram diversas ferramentas aliadas à tecnologia que ajudaram a otimizar os tratamentos contra a depressão, como aplicativos, sites de terapia online e até mesmo monitoramento em tempo real.

Muitos desses utilitários fazem uso da internet para fornecer aos seus usuários diferentes formas de acompanhar o tratamento, dentro e fora de casa. Com a pandemia do novo coronavírus, muitos pacientes recorreram à dispositivos como smartwatches e terapia por videochamada para darem continuidade aos seus tratamento.s



Website: https://melhoresofertas.net/
Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp