05/01/2021 às 11h34min - Atualizada em 05/01/2021 às 13h20min

Inscrição para prêmio educacional entra na fase final e vai até 25 de janeiro

O 1º Prêmio de Incentivo ao Empreendedorismo Científico prevê R$ 50 mil em prêmios para estudantes, professores e escolas, por projetos científicos do ensino básico e técnico de todo o Brasil.

DINO
https://piec.eco.br

Lançado em 17 de novembro de 2020, o 1º Prêmio de Incentivo ao Empreendedorismo Científico chega à reta final do processo de inscrição que termina no dia 25 de janeiro de 2021, com a ambição de, cada vez mais, incentivar a educação científica nos ensinos fundamental, médio e técnico.

“Se as quadras das escolas formaram e continuam a formar cada vez mais atletas profissionais que nos enchem de orgulho e ganham campeonatos por todo o mundo, por que não aumentar nosso potencial científico através do incentivo à prática da ciência nas escolas?” indaga Gabriel Estevam, idealizador do prêmio. Nesse sentido é possível entender o PIEC como um campeonato interescolar de ciência e inovação. Tem troféu, tem prêmio em dinheiro e o principal, tem todo ano. A expectativa do comitê organizador do prêmio é que nas próximas edições as escolas coloquem em seu planejamento escolar anual alguns projetos que serão desenvolvidos para serem inscritos no PIEC, os estudantes vão se preparar para vencer o PIEC do ano, com o mesmo entusiasmo com que se preparam para disputar um campeonato esportivo. Quando isso acontecer, a ciência estará recrutando tantos talentos quanto o esporte recruta, dentro das escolas.

Para cumprir o objetivo de incentivar a ciência no ensino básico, além dos troféus, certificados e prêmios de até R$ 7.500,00 em espécie por categoria para estudantes e professores – cada projeto inscrito concorre simultaneamente a 4 categorias – o edital do 1º PIEC prevê, também, presentear uma escola pública, em uma categoria institucional, com a doação de um kit de aproximadamente R$ 25.000,00 em equipamentos de laboratório escolar, como balanças, vidraria e microscópio.

Com o objetivo de incluir, são aceitos no 1º PIEC os projetos mais simples, em fase de ideação e conceituação, até os projetos mais maduros com protótipos funcionais. Enquanto um projeto avançado leva vantagem na categoria Nova Realidade, os projetos mais simples podem levar a melhor em categorias como a Futuro Brilhante e Consciência Circular que valorizam mais o nível de inovação, conceituação científica e a sustentabilidade do projeto e da ideia.

 São aceitos projetos da 1ª série do ensino fundamental, até o 2º ano do ensino médio e/ou técnico. Os projetos podem ser individuais ou coletivos, mas é sempre necessário que haja no mínimo um estudante (de 07 a 18 anos), um professor orientador e uma instituição de ensino onde os estudantes estejam matriculados ou desenvolvendo o projeto.

É importante ressaltar que o prêmio, além de ser um incentivo científico, é também um incentivo à inovação sustentável, por isso, o capítulo 6 do edital prevê uma série de regras sustentáveis, dentre as quais consta a proibição da queima de combustíveis fósseis no projeto. “Pode parecer que as regras são rígidas ou excessivas, mas o futuro depende da racionalização do uso de recursos naturais e queremos incentivar os jovens a pensar a ciência verde, a ciência sustentável e empreender na economia circular. É fundamental que a sustentabilidade seja uma premissa no prêmio”, explica Gabriel.

O processo de inscrição é simples e não leva mais do que 30 minutos para ser feito. O edital completo e o formulário de inscrições do 1º PIEC podem ser encontrados no site da premiação https://piec.eco.br



Website: https://piec.eco.br
Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp