30/11/2020 às 13h38min - Atualizada em 30/11/2020 às 14h20min

Investir para morar nos Estados Unidos com o greencard é possível através do visto EB5

Como os investidores brasileiros estão conseguindo o greencard para sua família investindo nos EUA

DINO
http://www.investiremorarnoexterior.com

Em 1990 o Congresso Americano criou o Programa EB-5 com a finalidade de estimular a economia do país por meio de investimento de capital de investidores estrangeiros que fomentasse a criação de empregos.

Na prática é o USCIS (Serviço de Imigração e Cidadania dos Estados Unidos) é quem administra o Programa EB-5, conhecido como visto de quinta preferência baseado em emprego, que considera elegíveis para solicitar um green card (visto de residência Permanente) o investidor, seu cônjuge e filhos solteiros menores de 21 anos que realize um investimento produtivo e gerador de empregos americanos.

Assim, todos os membros da família podem receber o greencard a partir de um único investimento realizado pelo investidor principal.

Como a exigência do programa é fazer um investimento em uma empresa nos Estados Unidos que crie ou preserve 10 empregos permanentes de jornada completa para trabalhadores americanos qualificados e nem todos os investidores desejavam se envolver diretamente no dia a dia da operação, o Congresso aprovou, em 1992, o Programa de Centros Regionais.


CENTROS REGIONAIS EB5

"Mas o que é um centro regional e como funciona?" Esta é a principal dúvida que Lylian Loureiro, especialista que trabalha com o programa EB5 desde 2013, esclarece nos webinários e reuniões privadas de consultoria que realiza todos os meses.

"O investidor brasileiros chega com muitas dúvidas com relação ao passo a passo do programa EB5, que é bem estruturado, tem suas etapas bem definidas mas, em geral causa confusão quando não é visto em detalhes", explica Lylian Loureiro.

Os centros regionais são empresas americanas credenciadas junto a imigração para atuarem no programa EB5, funcionando como uma ponte entre o investidor estrangeiro que deseja obter o greencard e os projetos EB5.

Na prática os centros regionais fazem a gestão de fundos que irão investir nos projetos EB5 com a finalidade imigratória. O investidor faz seu aporte em um fundo específico formatado para atender todas as normativas do programa EB5, e, de forma passiva, cumpre com todos os requisitos para receber seu greencard.

Ao final do prazo contratual, e seguindo todas as regras de investimentos previstas, o investidor pode receber o retorno de seu capital, além do greencard definitivo para si e sua família. Durante o prazo do investimento, em geral, ocorre também uma remuneração de juros anuais que variam conforme o tipo de projeto.

Atualmente o investimento mínimo em um visto EB5 é a da ordem de 900 mil dólares, em regiões TEA (Target Employment Areas), e existe a exigência de criação de, no mínimo, 10 empregos por investimento realizado.

Segundo Lylian Loureiro, o segredo para ter um processo imigratório bem sucedido é seguir o passo a passo, cumprindo todas as etapas do programa, conforme as regras americanas, escolhendo com muito critério o centro regional e o projeto mais conservador e seguro possível, além de contratar um advogado de imigração especialista e experiente em visto EB5.

Para obter mais detalhes e etapas do processo, tais como por onde começar, quanto tempo demora para receber o greencard, como é feita a devolução do investimento principal é que acontece regularmente os webinarios sobre o Visto EB5.

O próximo já tem data marcada para 09 de dezembro, quarta-feira às 20h, e as inscrições já estão abertas no site www.investiremorarnoexterior.com

As vagas são limitadas e mais informações podem ser obtidas através do e-mail:
[email protected] ou pelo WhatsApp (11) 9 9441 4011.



Website: http://www.investiremorarnoexterior.com
Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp