24/11/2020 às 15h27min - Atualizada em 25/11/2020 às 00h00min

Desafios de transformar o maior evento físico de moda em virtual

RCE Digital foi responsável pelas gravações do São Paulo Fashion Week (SPFW)

DINO
http://www.rcedigital.com.br
De acordo com a International Congress and Convention Association (ICCA), a cidade de São Paulo é o 6º destino mais procurado no mundo para eventos, recebendo cerca de 90 mil encontros por ano e sediando 75% do mercado brasileiro de feiras de negócios. Porém, em 2020, por conta da pandemia da covid-19, grande parte das empresas precisou se adaptar e mudar para o virtual. Segundo pesquisa da União Brasileira dos Promotores de Feiras (Ubrafe) e da Associação Brasileira de Empresas de Eventos (Abeoc), em parceria com Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), feita com 2,7 mil entrevistados, 98% do setor de eventos já foi afetado pela pandemia em todo o Brasil. O São Paulo Fashion Week (SPFW) não foge desse cenário e, pela primeira vez, foi exibido 100% on-line.

A RCE Digital, empresa com mais de 25 anos de experiência em tecnologia para produção, edição e transmissão de vídeos, foi responsável pelas gravações do evento histórico da maior semana de moda da América Latina, transmitida ao vivo no YouTube (link).

Nesta edição inédita, com conteúdos programados para passar em todos os canais da SPFW, o evento contou com projeções em pontos específicos nas cinco regiões da cidade paulista. A ideia da ação foi promover uma ocupação de arte em São Paulo. A cerimônia, que apresentou informações muito além de roupas, mostrou desfiles marcantes, posicionamentos políticos que promovem a democratização da moda como instrumento de representatividade e manifestação social, e aplicou um tratado em que 50% do casting deveria ser composto por pessoas negras, indígenas e asiáticas. 

A RCE Digital fez parte desse projeto criativo e conduziu mais de 80 profissionais, 15 pessoas espalhadas pela cidade paulista, 36 filmes de estilistas, 28 vídeos sobre a história do encontro, mais de 3 mil horas de material bruto e 11 horas de transmissão ao vivo, com cerca de 3 mil acessos no canal da SPFW. 

“No SPFW, o maior desafio, sem dúvida, foi conseguir trabalhar os sentimentos das pessoas. Nós entendemos a responsabilidade que tínhamos, toda expectativa que girava em torno dessa nova forma de atuar. O olho no olho pode até fazer falta, aliás faz falta para todos nós, mas o coração sabe se conectar de outras formas. Essa distância foi suprida por toda emoção e entrega que fizemos. Levamos o evento para longe e mais pessoas, rompendo barreiras e iniciando uma nova história”, ressalta Josiele Cordeiro, executiva de contas da RCE Digital. 

Paulo Borges, diretor criativo da SPFW, contou sua experiência com a RCE Digital. “Eles são insuperáveis; uma equipe ponta firme. É a primeira vez que fazemos algo com essa dimensão e surpreendemos as pessoas. Esse resultado está intrinsecamente ligado à capacidade operacional da RCE, sua equipe, entendimento, engajamento, entrega e sensibilidade do que estamos fazendo. Eles entendem os nossos desejos, sabendo das nossas limitações técnicas e vêm com sugestões. Aqui, essa parceria se estabeleceu de imediato”, comenta. 

Denis Antunes Vieira, produtor executivo da RCE Digital, esteve à frente dos desafios e dificuldades de transformar um espetáculo que durante 24 anos aconteceu fisicamente, e hoje, por conta da pandemia da covid-19, precisou migrar para o universo on-line. “Nós imergimos na cabeça do cliente, com a delicadeza, proposta, conceito e arte da moda. Cada personalidade, ou seja, protagonista da SPFW é um artista, como um pintor, e fizemos com que esse sentimento fosse transmitido pelo olhar digital. Reproduzimos o trabalho e essência de cada momento desses cinco dias”, ressalta.

A empresa utilizou equipamentos de transmissão de última geração, drones para captação de imagens aéreas, câmeras em ambientes externos para mostrar em tempo real as fachadas dos prédios nos quais aconteciam as projeções, câmeras robóticas no estúdio para manter o distanciamento social, links de internet móvel de alta capacidade e uma produção à parte com iluminação e aparelhos específicos para a apresentação final de Ronaldo Fraga, estilista mineiro, em homenagem à estilista Zuzu Angel, assassinada na época da ditadura militar; e a performance no piano de cauda da cantora Cida Moreira representando a música “Angélica”, de Chico Buarque, realizada no heliponto do Grand Mercure Ibirapuera.

“Foram dias de muito esforço e dedicação. Cada detalhe foi muito bem pensado, desde a escolha do espaço onde seria feito o estúdio, aos equipamentos, luz, fotografia e até mesmo a ideia e sensação do que o cliente gostaria de proporcionar ao telespectador. Aprimoramos e transformamos o jeito de conectar não só pessoas e organizações, mas também diferentes sentimentos e emoções”, ressalta Marcos Antônio Gonçalves Junior, coordenador técnico da RCE Digital. 



Website: http://www.rcedigital.com.br
Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp