16/11/2020 às 12h37min - Atualizada em 16/11/2020 às 13h20min

Desenvolvimento da TI é uma das soluções para superar crise gerada pelo Coronavírus

A pandemia trouxe uma dependência maior da conectividade, dando um empurrão no desenvolvimento da infraestrutura digital.

DINO

Ao longo dos últimos anos, as empresas vêm enfrentando uma necessidade de digitalização dos negócios a fim de se manterem ativas e atualizadas no mercado, como afirma Edmilson Silva, consultor de Análise e Desenvolvimento de Sistemas. “Foi possível perceber essa necessidade ainda maior no início de 2020, diante da crise da Covid-19 e do isolamento social, por ficar claro que muitas das empresas ainda estavam atrasadas em questões tecnológicas”.

Como solução para enfrentamento da crise e, principalmente, para manter as operações, Edmilson diz que praticamente todos os setores empresariais utilizaram a tecnologia da informação. “Muitas organizações só puderam continuar seus processos através do trabalho remoto, utilizando ferramentas de reuniões por videoconferência, além de outros softwares de controle de atividades que ajudam no gerenciamento de equipes neste modelo remoto, que já vem sendo chamado de o novo normal”.

Segundo a agência Reuters, um levantamento feito pelas consultorias europeias IJGlobal e M&E Global em agosto de 2020, apontou que 63% de altos executivos de grandes bancos e outras instituições financeiras, além de desenvolvedores e empresas de engenharia, creditam à pandemia, e com ela a dependência cada vez maior de conectividade das pessoas, o fato de a infraestrutura digital estar levando um significativo empurrão para se estabelecer.

“Toda essa movimentação nesse ano de 2020 criou um holofote direcionado para a área de tecnologia da informação, evidenciando que as empresas precisam investir ainda mais nessa área para não somente se posicionarem à frente no mercado, como também para estarem preparadas para possíveis crises”, diz o consultor.

Em paralelo a esse aumento de investimentos na área de TI, Edmilson vislumbra um crescimento também na demanda de mão de obra, gerando um alerta para que os profissionais da área se preparem e se atualizem cada vez mais, para que possam aproveitar as oportunidades que o mercado já abriu e as que ainda estão por vir. Segundo a Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), com dados de março de 2020, o Brasil tem um déficit anual de 24 mil formandos na área de TI, pois tem necessidade de 70 mil destes profissionais e forma apenas 46 mil por ano.

“Diante de todo esse cenário criado pela pandemia, é possível perceber que a necessidade, utilização e evolução da tecnologia da informação ficaram em evidência e tem se mostrado de grande valor para a recuperação pós-pandemia que tanto se espera em todo o mundo”, finaliza o consultor.

Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp