13/11/2020 às 10h05min - Atualizada em 15/11/2020 às 00h00min

Mercado gráfico: oportunidade de negócio próprio surge em meio à pandemia

Microfranquia com baixo investimento tem feito sucesso entre empreendedores. Graflix chega com objetivo de formalizar mercado antes com grande informalidade, permitindo que pequenos empresários se posicionem frente a gigantes do ramo gráfico.

DINO
http://graflix.com.br

Se por um lado empresas lutam para não fechar as portas, por outro, empreendedores estão se reinventando ao abrir novos negócios em meio ao isolamento, quando se tem pouco ou nenhum capital inicial, arriscar no desconhecido e incerto pode ser um grande erro.

Entre informais e formais, dados do Portal do Empreendedor demonstram que o número de novos microempreendedores individuais (MEIs) cresceu nos meses de março e abril, um crescimento de 7% em relação ao mesmo período do ano anterior. São pessoas que escolheram o caminho da inovação, da independência para conseguir uma renda, que pode ser extra ou, em muitos casos, única durante a pandemia.

Para quem se questiona se pandemia é momento para empreender, Walter Spolidoro, Diretor do GruppoW, empresa que criou um novo modelo de Microfranquia gráfica chamado Graflix, afirma que tudo depende do tipo de base em que o empreendimento é construído.

É preciso buscar planejamento e entendimento de mercado. Nesse momento, alguns modelos de negócio acabam, outros surgem, mas é preciso pensar com calma em que área iniciar um projeto, muitas áreas já mostram um aquecimento.

“Pesquisas já mostram um incremento de 55% nas vendas de supermercados, 16% em farmácia, 135% em delivery. Essas atividades que estão alinhadas às necessidades básicas do consumidor têm mais propensão de sucesso. É importante observar isso antes de abrir um negócio e observar também se existe uma reserva financeira para sustentá-lo pelo menos nesse primeiro momento”, explica Walter.

Embora o empreendedorismo nesse momento esteja sendo incentivado, sempre se fala na segurança de franquias, pois é preciso contar com um suporte técnico e administrativo para dar maior tranquilidade ao empreendedor de primeira viagem, mas os valores nem sempre estão ao alcance do pequeno empreendedor. Empreender muitas vezes é uma necessidade e nem todos possuem capital para errar uma ou duas vezes para recomeçar.

Pensando nisso, Walter Spolidoro estruturou durante os últimos 2 anos, um modelo de Microfranquia, ideal para quem já atua informalmente no segmento gráfico e comunicação visual e também quem está buscando iniciar nessa área. Com treinamento e acompanhamento, o modelo de Microfranquia é chamado de Graflix e já nasce com 300 parceiros no Rio de Janeiro. Com o objetivo de chegar a 1000 parceiros até 2021, Walter afirma que o projeto é mais que só acumular parceiros, é um projeto de profissionalização e formalização de processos para permitir que o pequeno empresário se posicione de forma profissional no mercado, não sendo engolido pelas grandes gráficas.



Website: http://graflix.com.br
Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp