10/11/2020 às 09h52min - Atualizada em 10/11/2020 às 11h20min

Em tempos de pandemia algumas vacinas podem ajudar a fortalecer a saúde

Médico especialista ressalta que algumas vacinas são indicadas para proteger a saúde respiratória e o corpo, em geral.

DINO
https://g.co/kgs/C4LPd7

A epidemia de Coronavírus já deixou mais de um milhão de mortos em menos de um ano em todo o mundo e a doença ainda levanta muitas dúvidas na comunidade científica. A Covid-19 já foi apontada como doença sistêmica, foram constatados alguns casos em que diferentes órgãos como cérebro, coração e rins podem ser seriamente afetados pelo vírus. Mas de fato o sistema respiratório costuma ser o mais comumente impactado, inclusive pelos sintomas como falta de ar e ausência de paladar e olfato. Dessa forma, alguns cuidados com a saúde respiratória podem e devem ser reforçados com a orientação médica quanto ao caso de cada paciente. Portanto, nesses últimos meses de epidemia, algumas constatações ganharam força entre a comunidade científica e talvez a principal delas é quanto a prevenção de complicações do quadro clínico dos pacientes.

As recomendações de distância e uso de máscara foram adotadas massivamente em muitos países, mas existem também formas de prevenção de casos graves através de cuidados com a própria saúde. Uma das formas de prevenção e cuidado com a saúde é através do uso de vacinas. Principalmente nesse momento são muitas as razões para que a pessoa evite uma internação hospitalar e estar imunizado contra algumas doenças é algo que pode ajudar nisso. Uma vez que o paciente esteja apresentando algum tipo de doença grave que exige internação, ele corre mais risco de se contaminar com a Covid-19 por estar em um ambiente hospitalar. Além de vacinas mais conhecidas do público como a tríplice bacteriana (difteria, tétano e coqueluche) e a BCG, existem outros tipos de manejo do sistema imunitário que podem ajudar a fortalecer o organismo. Algumas doses, quando indicadas pelo médico, podem contribuir inclusive para o fortalecimento da saúde respiratória. É o caso das vacinas para tratar alergias e doenças respiratórias, é o que destaca o médico, Dr. Marcello Bossois. Ele salienta que doses que previnem gripes e pneumonias, além de contribuir para o fortalecimento da saúde, podem ajudar no caso de contaminação  pela Covid-19 em alguns pacientes. Isso ocorre tanto pela possibilidade de descartar a doença previamente imunizada e assim acelerar o diagnóstico tanto pela proteção do organismo a um acúmulo de múltiplos vírus. 

O médico coordena o Brasil Sem Alergia que já atendeu mais de quatrocentos e cinquenta mil pacientes em todo o Brasil nos últimos dez anos. Com unidades de atendimento em alguns Municípios do Rio de Janeiro e uma unidade móvel, a equipe do projeto reforçou o atendimento aos pacientes das regiões desde o início da pandemia, oferecendo consultas via telemedicina não somente para o Estado Do Rio de Janeiro, mas também para todo o Brasil, além de oferecer exames de espirometria e teste alérgico gratuitamente. O projeto conta ainda com um canal no YouTube onde, Dr. Marcello, tira dúvidas de pacientes sobre os mais diversos assuntos de saúde e dá algumas explicações sobre vacinas imunizantes. 

Estudos sobre as vacinas contra a Covid-19 avançam em vários países, mas a previsão é que ainda demore meses para que a vacinação inicie e especialistas alertam que podem levar ainda muito tempo para que a imunização aconteça para toda a população mundial. Isso reforça ainda mais a necessidade nos cuidados com a saúde nesse período que antecede a uma solução para o vírus.



Website: https://g.co/kgs/C4LPd7
Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp