06/11/2020 às 16h36min - Atualizada em 07/11/2020 às 00h00min

Consórcio permite a aquisição de embarcações de pequeno, médio e grande porte

Modalidade afasta os clientes das altas taxas de juros

DINO

Andar de barco ou de lancha é o hobby de uma parcela da população do Brasil, que conta com praias, rios e lagos incríveis. Brasília, mesmo no Planalto Central, concentra a 3ª maior frota de embarcações do país. Porém a diversão luxuosa tem um custo alto e uma forma de realizar o sonho é por meio de um consórcio para embarcações. "A modalidade permite a aquisição de bens móveis a médio e a longo prazo", afirma José Climério Silva e Souza, Diretor Executivo do Consórcio Nacional Bancorbrás. "É uma forma de afastar os clientes das taxas de financiamento, pois não há incidência de juros sobre o valor da parcela", finaliza.

Os interessados em um consórcio para embarcações de pequeno, médio e grande porte podem escolher uma carta de crédito de acordo com o seu poder de compra, permitindo adquirir o bem de forma organizada. Além disso, os clientes também podem oferecer lances livres e fixos, podendo embutir parte do valor do lance utilizando a carta de crédito.

Após a contemplação é importante contratar também um seguro náutico como uma forma de garantir a segurança e evitar dor de cabeça caso algum sinistro aconteça. Segundo Luiz Carlos Gama Pinto, Diretor Executivo da Corretora de Seguro Bancorbrás, a cobertura básica do produto cobre assistência e salvamento à embarcação, danos parciais e perda total, operação de colocação e retirada de água, roubo total ou furto qualificado e outros. "O cliente também pode personalizar o serviço de acordo com as necessidades da embarcação", afirma Luiz Carlos.

Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp