21/10/2020 às 10h15min - Atualizada em 21/10/2020 às 10h15min

Seminário Online vai debater logística do sul capixaba; Representantes do Porto Central participam do evento

Enquanto o Porto Central se prepara para uma guinada, há um trabalho de se viabilizar um pátio envlvendo rodovia e ferrovia, próximo ao complexo portuário.

Da Redação

Várias lideranças empresariais estão se unindo para buscar fortalecer a cadeia produtiva e logística no sul do Espírito Santo.

Enquanto o Porto Central se prepara para uma guinada, há um trabalho de se viabilizar um pátio envlvendo rodovia e ferrovia, próximo ao complexo portuário.

O argumento é que já se reúna cargas suficientes para priorizar os investimentos na região sul e litoral do estado.

As cargas dos Portos Central e Açu, de acordo com especialistas, justificaram estes recursos.

De acordo com o CEO do Porto Central, José Maria Novaes é uma forma de unir forças para um bem comum: "Se a turma do Sul comprar essa "briga" positiva para a região, poderemos ter acesso aos recursos da renovação VLI e construção do ramal Anchieta X Presidente Kennedy", explica.

De acordo ainda com Novaes, os setores do Granito do ES e MG, além do Calcário, Escoria, Escória, Coque, Cimento, Aço, Milho, Farelo de Soja, Madeira entre outros, se beneficiariam com essa possiblidade de escoamento em um dos estados da região sudeste em localização estratégica.


Fonte: Jornal Fato

Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp